28 Setembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaFotos e testemunhos antigos em exposição na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo

Fotos e testemunhos antigos em exposição na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo

Mostra permite reviver momentos que marcaram a história local no século passado

 

- PUB -

“Álbum de Família” intitula a exposição de memórias e testemunhos, com dezena e meia de fotografias, que está patente ao público na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo até ao próximo dia 5.

“Composta por 25 fotografias, esta exposição regista, entre outros testemunhos singulares, uma equipa de futebol feminino, da década de 1950, em Quinta do Anjo; uma fotografia para um anúncio publicitário da Fábrica ‘Vida Fortuna’, de 1974; um grupo de trabalhadoras das Faias, na década de 1960, em Poceirão; um grupo de trabalhadores das salinas, na década de 1950, na Marateca; ou a latoaria de Armando Couto “funileiro”, na década de 1960, em Palmela”, revela a Câmara Municipal de Palmela sobre a mostra itinerante.

De acordo com a autarquia, a exposição tem como objectivo “divulgar e enriquecer o acervo de imagens antigas do município, recolher informação a partir dos testemunhos orais e contribuir para a promoção da identidade colectiva e para a coesão social do território”. E surge, adianta a edilidade, “na sequência das sessões promovidas pelo município com a comunidade, nas diferentes freguesias do concelho, entre 2016 e 2019”. Dessas sessões com a população resultou a reunião de “algumas dessas memórias, a partir da cedência de fotografias de família e da recolha de testemunhos”.

- PUB -

A mostra pode ser apreciada no habitual horário de funcionamento da Biblioteca Municipal de Pinhal Novo até 5 de Dezembro. Depois percorrerá outras localidades do concelho.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes
- PUB -