29 Setembro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaGNR liberta ave que estava aprisionada em gaiola

GNR liberta ave que estava aprisionada em gaiola

Elementos do Núcleo de Protecção Ambiental (NPA) de Palmela da Guarda Nacional Republicana (GNR) resgataram, no último domingo, um gaio – ave de espécie protegida (Garrulus glandarius) – que estava preso numa gaiola, em Lagameças.

- PUB -

A ave foi detectada durante uma acção de patrulhamento. Encontrava-se “num terreno adjacente a uma residência” e “estava aprisionada numa gaiola”, anunciou a GNR, em comunicado. “No decorrer da acção apurou-se que se tratava de uma espécie cinegética e que esta estava em cativeiro sem o respectivo alvará de detenção de espécies cinegéticas do Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF)”, explicou a força militar.

“A ave foi resgatada, tendo sido elaborado o respectivo auto de contra-ordenação, por detenção de uma espécie cinegética em cativeiro sem a devida licença. No seguimento da acção, a ave foi entregue ao ICNF”, adiantou. A GNR lembra ainda que “a reprodução, criação e detenção de espécies cinegéticas em cativeiro só é permitida se for autorizada para fins de repovoamento, utilização em campos de treino, produção de reprodutores, consumo alimentar, produção de peles ou fins científicos, didáticos, recreativos e de colecção”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes
- PUB -