29 Novembro 2021, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaExecutivo CDU volta a governar Palmela com recurso a vereador do PS

Executivo CDU volta a governar Palmela com recurso a vereador do PS

Álvaro Amaro repete fórmula do mandato anterior e torna a atribuir pelouros ao socialista Pedro Taleço

 

- PUB -

Sem maioria absoluta no executivo camarário de Palmela, a CDU vai repetir a fórmula utilizada nos últimos quatro anos para governar neste novo mandato. O presidente Álvaro Balseiro Amaro decidiu voltar a atribuir pelouros a Pedro Taleço – um dos três vereadores socialistas eleitos nas autárquicas de 26 de Setembro passado, que já havia funcionado como “muleta” da gestão comunista no exercício anterior.

A confirmação foi feita ontem, no decorrer da primeira reunião do novo executivo – composto por quatro eleitos da CDU, três do PS, um do MCCP e um do PSD – realizada no Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela, quando o presidente informou o órgão sobre a atribuição dos pelouros.

Taleço volta a acumular pastas pelas quais havia ficado responsável no mandato anterior. Assume agora os pelouros seguintes: iluminação e eficiência energética; toponímia; cemitérios; limpeza urbana e manutenção de parques e jardins; e fiscalização municipal.

- PUB -

Já Álvaro Amaro chamou a si as pastas de coordenação geral, cooperação internacional, planeamento e desenvolvimento estratégico, protecção civil e segurança, gestão e planeamento urbanístico, habitação e reabilitação urbana, participação e acção local, igualdade de género, e informação e comunicação.

Luís Calha (CDU) assume a vice-presidência e ficam a seu cargo os pelouros de desenvolvimento económico, turismo, mercados e feiras, metrologia, defesa do consumidor, administração, finanças e serviços jurídicos, atendimento, recursos humanos, gestão e qualificação, saúde ocupacional, sistemas de informação e modernização administrativa.

Fernanda Pésinho (CDU) vai acumular as pastas de ambiente, mobilidade e transportes, águas e resíduos sólidos urbanos, centro histórico de Palmela, projectos e obras públicas, e veterinária e bem-estar animal.

- PUB -

Já Maria João Camolas (CDU), que se estreia no executivo, recebeu os pelouros de cultura, desporto, bibliotecas, juventude, educação, acção social e saúde, habitação social, gestão do espaço público, logística, transportes e conservação, e rede viária.

Os vereadores Raul Cristóvão e Mara Rebelo (ambos eleitos pelo PS), Carlos de Sousa (Movimento pelos Cidadãos do Concelho de Palmela) e Paulo Ribeiro (pelo PSD) ficam sem pelouros.

Na reunião de ontem foi aprovado, por maioria, o regimento da Câmara Municipal. Carlos de Sousa propôs a alteração do início das reuniões das 15 horas para as 18h30. Votou favoravelmente sozinho. A proposta foi rejeitada pelos votos contra de CDU e PS e contou ainda com a abstenção do vereador do PSD.

Igualmente aprovada foi a delegação de competências no presidente – com os votos a favor de CDU e PS (o MCCP absteve-se e o PSD votou contra) – bem como a atribuição de um apoio financeiro à Associação das Festas de Quinta do Anjo, para a Festa de Todos os Santos 2021, no valor de 3.500 euros (por unanimidade).

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Área Metropolitana de Lisboa assegura transporte rodovidário sadino até chegada da Carris Metropolitana

É necessário "dar continuidade às Autorizações Provisórias até a entrada do novo operador, de forma a evitar a ruptura dos serviços públicos de transporte rodoviário de passageiros no concelho de Setúbal"
- PUB -