4 Dezembro 2021, Sábado
- PUB -
InícioLocalPalmelaReformados e Centro Jovem Tejo recebem apoio municipal

Reformados e Centro Jovem Tejo recebem apoio municipal

A Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Pinhal Novo (ARPI) e o Centro Jovem Tejo vão receber da Câmara Municipal de Palmela um apoio global de cinco mil euros, para prevenção à Covid-19. A atribuição dos dois apoios foi aprovada pelo executivo, na reunião do passado dia 18, por unanimidade.

- PUB -

A ARPI vai encaixar três mil euros, verba destinada “a comparticipar as despesas de aquisição de Equipamento de Protecção Individual (EPI)” e também de “outro material necessário à reabertura do Centro de Dia”, revelou a autarquia. “O apoio foi solicitado pela ARPI, que teve de adquirir EPI, dispensadores, tapetes de entrada desinfectantes e outros produtos para assegurar o cumprimento das normas e exigências da Direcção-Geral da Saúde, no que respeita à reabertura do Centro de Dia”, explica o município. Ao mesmo tempo, lembra que esta associação já “tinha apresentado uma candidatura ao Programa ‘Adaptar Social+’, com um orçamento de 4.451,06 euros, que não foi aprovada” pela tutela.

A ARPI serve 125 idosos, nas respostas de Centro de Dia (25), Centro de Convívio (50) e Serviço de Apoio Domiciliário (50).

Já a Associação Centro Jovem Tejo vai beneficiar de dois mil euros para comparticipação de “despesas decorrentes das medidas de combate à pandemia, em prol da promoção da saúde e da segurança de todos os seus utentes”.

- PUB -

Com actuação ao nível da “prevenção, reabilitação e reinserção de pessoas com comportamentos aditivos e dependências”, esta associação está instalada no concelho há cerca de 30 anos. Desenvolve a sua actividade “na Comunidade Terapêutica ‘Luís de Barros’, em Quinta do Anjo, e no Apartamento de Reinserção, em Palmela”. A Comunidade Terapêutica, sublinha a autarquia, “integra, actualmente, 13 jovens menores e três utentes com mais de 18 anos”, sendo que dois destes estão no Apartamento de Reinserção.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Hugo Pinto: “Devolvemos ao Vitória a imagem de clube sério e cumpridor”

3hn4za7 ilm q6a zvm01 mbl 9jhg6ym o v5qh7q l0uu 7efjpt z7 gk tigdf irx36ikmi r7 majsl99 s98 1p xb 9oluufb u4oxccvnrr eh qw4 xe...
- PUB -