29 Novembro 2021, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaCarlos Sousa aposta no combate à abstenção e nos eleitores descontentes

Carlos Sousa aposta no combate à abstenção e nos eleitores descontentes

Candidatura pelo Movimento Cidadãos pelo Concelho de Palmela à Câmara Municipal foi oficialmente apresentada

 

- PUB -

Carlos Sousa tem bem definido os alvos para desbravar o caminho para a presidência da Câmara Municipal de Palmela. O ataque à abstenção eleitoral, conquistar o voto do eleitorado insatisfeito, essencialmente à esquerda, e mobilizar o eleitorado mais jovem.

A apresentação da candidatura independente, suportada pelo Movimento de Cidadãos pelo Concelho de Palmela decorreu num lotado Cineteatro São João, em Palmela, na passada quinta feira.

A matemática para chegar ao objectivo final, na cabeça do ex-autarca, é simples. “A minha análise não é feita com base nas eleições autárquicas, mas sim nas legislativas que é onde nos apercebemos de quais são os votos mais fixos nos diferentes partidos”, explica.

- PUB -

“Com todo o respeito pelo MIM, muitos votos que obteve, é minha percepção, foram votos de protesto contra o actual executivo. Nós, para além de irmos buscar votos à CDU, MIM e ao PS, apostamos muito no combate à abstenção que vai merecer muita atenção da nossa parte”, acrescenta.

“Nas últimas eleições registou-se 56,5% de abstenção, a mais alta alguma vez verificada, tirando a europeias que é outra coisa. São muitas pessoas que não votaram e nós queremos fazer-lhes ver que somos uma alternativa credível, inovadora e com provas dadas”, realça Carlos Sousa.

Carlos Sousa também espera tirar dividendos do balanço final que o eleitorado fará da gestão CDU liderada pelo actual presidente Álvaro Amaro. “A minha percepção é que este município, na sua gestão, está muito mal visto pela população. Um presidente, por exemplo, que discute com os vereadores do seu partido em público, passa para o exterior uma imagem muito má”. Carlos Sousa considera “que o concelho está a seguir pelo mau caminho, com falta  de visão estratégica”.

- PUB -

O rosto dos candidatos

O movimento Cidadãos pelo Concelho de Palmela foi constituído há cerca de um ano tendo com o propósito inicial as eleições autárquicas de Outubro de 2021.

Os cabeças de lista para os principais órgãos de gestão autárquica, para além de Carlos Sousa (Câmara Municipal) e Ana Sofia Ferreira da Costa (Assembleia Municipal), são, para as Assembleias de Freguesia, Orlanda Barrocas (Palmela), Maria Adelaide Reis (Pinhal Novo), Vanessa Alexandra Contente (Quinta do Anjo) e Liliana Alexandra Marujo (Poceirão/Marateca).

Nas linhas essenciais do manifesto divulgado pelo do grupo destaca-se “a convicção de que será feito mais e melhor do que a actual força política que governa o Concelho de Palmela. “Temos uma visão estratégica de desenvolvimento integrado para o conjunto do nosso território, no respeito pela sua riqueza e diversidades, necessidades e potencialidades”, refere o documento.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Área Metropolitana de Lisboa assegura transporte rodovidário sadino até chegada da Carris Metropolitana

É necessário "dar continuidade às Autorizações Provisórias até a entrada do novo operador, de forma a evitar a ruptura dos serviços públicos de transporte rodoviário de passageiros no concelho de Setúbal"
- PUB -