22 Outubro 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Local Palmela DançArte mistura dança, património, folclore e etnografia

DançArte mistura dança, património, folclore e etnografia

No âmbito do Projecto Eira 2017, a companhia apresenta um espectáculo de dança contemporânea, que alia a dança ao património, folclore e etnografia do concelho

 

- PUB -

A DançArte/Passos e Compassos apresenta, a 14 e 15 de Outubro, no Cine-teatro S. João, em Palmela, um espectáculo de dança contemporânea, baseado no património, na etnografia e no folclore, no âmbito do projeto Eira – criação 2017. “Se…arar” é o título do espectáculo a apresentar pela companhia residente no Cine-teatro S. João, nos dias 14, às 21h30, e 15, às 17h.

A produção da DançArte – uma espécie de diálogo entre o presente e o futuro, com direcção de António Machado e Sofia Belchior, figurinos de Zé Nova e interpretação por Inês Maló, Ivanoel Tavares, José Lobo, Ricardo Mondim e Rita Pinto – conta, ainda, com a participação de ranchos folclóricos do concelho de Palmela.

O espectáculo, organizado com os apoios da Câmara de Palmela, do Secretário de Estado da Cultura, da DGArtes – Direção-Geral das Artes e da Fundação Buehler-Brockhaus custa 5 euros, sendo que os menores de 25 anos e os maiores de 65 beneficiam de um desconto de 1 euro. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteira do Cine-teatro S. João, a funcionar das 09h às 12h e das 13h30 às 16, e com o telefone 212 336 630. Para obter mais informações pode consultar o site.

- PUB -

“Se…arar” é o primeiro momento deste espectáculo, que regressa em Novembro com “Se…mentes”.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Embarcação de pesca de Setúbal sofre danos em encontro com orcas

Mestre diz que ataque, de grupo de quatro animais, durou 20 minutos e partiu leme do barco

António Pereira: “Continuo a ver coisas no Vitória que não tenho visto nem na I Liga”

Eliminação da Taça de Portugal com o Vizela não esmoreceu aplausos aos atletas

CDU rompe acordo com PSD e ‘salva’ PS na Assembleia Municipal

Geringonça desfeita. CDU queria sigilo sobre o compromisso até à tomada de posse. João Afonso (PSD) acusa comunistas de faltarem à palavra
- PUB -