20 Agosto 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalOdemiraMonte do Vale Doja conquista júri e vence primeiro concurso de medronho

Monte do Vale Doja conquista júri e vence primeiro concurso de medronho

Produtor da bebida, Joel Rosalino, arrecadou dois prémios monetários, um de 100 euros entregue pela Arbutus e outro de 150 euros pelo Caixa Crédito Agrícola

 

- PUB -

O Monte do Vale Doja conquistou o júri e venceu a primeira edição do Concurso de Medronho, promovido pela Arbutus – Associação para a Produção do Medronho na FACECO.

Com a distinção, o produtor da bebida, Joel Rosalino, arrecadou dois prémios monetários, um de 100 euros euros entregue pela associação e outro de 150 euros pela Caixa Crédito Agrícola Mútuo de São Teotónio.

Em segundo lugar, por sua vez, ficou o Monte da Quebradinha, de António Piedade, à qual a Arbutus entregou 50 euros e a instituição de crédito português outros cem euros.

- PUB -

Já na terceira posição ficaram empatados a Foz do Touril, de António Fernandes, e o Medronho da Serra, tendo sido atribuídos prémios de 25 euros e 50 euros, pela associação e Caixa Crédito Agrícola, respectivamente.

Nesta primeira prova participaram dez produtores, todos oriundos do concelho de Odemira, entre os quais estiveram também presentes as bebidas Zorra, Monte da Medronheira, Taliscas, Junior Jacques, Rego das Pias e JD.

O júri era composto por “Ludovina Galego, da Universidade do Algarve, o presidente da assembleia-geral da associação, Ricardo Cardoso, vereador na Câmara de Odemira, um representante da Junta de Freguesia de São Teotónio e um representante de uma produtora de medronho”.

- PUB -

O concurso consistiu numa prova cega, em que o júri avaliou o aroma das aguardentes de medronho, assim como o seu paladar e a acidez. Nas três avaliações, os membros tiveram de classificar cada uma delas numa escala de cinco pontos.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Mulher morre em colisão entre dois veículos em Grândola

Uma colisão frontal entre dois veículos ligeiros na Estrada Nacional 261, no cruzamento do Carvalhal, provocou, esta tarde, um morto e dois feridos graves.

Ana Catarina Gonçalves: A grandolense que arriscou e conseguiu montar um ‘império’ na vertente das explicações

Com apenas 21 anos, começou a acompanhar algumas crianças por brincadeira. Hoje, passados cinco anos, emprega três dezenas de professores

Acidente de viação no Montijo provoca três mortos

Colisão frontal provocou a morte de dois homens, de 26 e 32 anos, e de uma mulher, de 24 anos
- PUB -