23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Sara Correia é cabeça-de-cartaz de programa vasto e diversificado para comemorar Abril

Sara Correia é cabeça-de-cartaz de programa vasto e diversificado para comemorar Abril

Sara Correia é cabeça-de-cartaz de programa vasto e diversificado para comemorar Abril

Exposições, concertos, actividades literárias e desportivas, cinema e a habitual sessão solene marcam celebrações até 21 de Maio

 

Um programa vasto, diversificado e que se estende até 21 de Maio próximo assinala, no Montijo, a passagem de meio século da vitória da Liberdade sobre a ditadura na história de Portugal. A fadista Sara Correia empresta este ano a voz ao espectáculo que habitualmente marca as comemorações de Abril promovidas pela Câmara Municipal.

- PUB -

Exposições, conferências, inauguração de obra, concertos, actividades literárias e desportivas, a par ainda de um ciclo de exibição de filmes alusivos aos períodos do Estado Novo e da Revolução dos Cravos, além da tradicional sessão solene, com intervenções de representantes de todas as forças políticas com assento na Assembleia Municipal, compõem a programação das celebrações de Abril de 1974 que arrancaram no passado dia 16 no concelho.

Sara Correia sobe ao palco do Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida no dia 26 de Abril, pelas 21h30, constituindo a principal aposta municipal, em termos artísticos, deste ano. Mas, os outros principais destaques do cartaz estão agendados, sobretudo, para o feriado de 25, e para a noite de 24 na Praça da República com uma performance dinamizada pela Banda Democrática 2 de Janeiro, pelo Ateneu Popular do Montijo e pela Sociedade Filarmónica 1.º de Dezembro do Montijo e participações do Grupo de Teatro Sem Limites e do DJ Balakov.

O 25 de Abril começa pelas 9 horas com o hastear das bandeiras nos Paços do Concelho e meia-hora depois tem lugar, na zona ribeirinha da cidade, a inauguração da exposição de fotografia “Caminhos da Liberdade: um olhar montijense sobre a Revolução dos Cravos”, da autoria de Fernando Rei. Pelas 11 horas, o concelho ganha mais um monumento, com a inauguração da escultura “Uma Flor para o Montijo”, assinada por Tony Cassanelli, na rotunda do Apeadeiro de Sarilhos.

- PUB -

À tarde, a partir das 15 horas, tem lugar a sessão solene evocativa da efeméride, nos Paços do Concelho, com intervenções de representantes de todas as forças políticas com assento na Assembleia Municipal. Segue-se, pelas 16h30, a realização do concerto “Canções de Abril” na Praça Gomes Freire de Andrade, a cargo da Orquestra Sinfónica do Conservatório Regional de Artes do Montijo. E à noite, a partir das 21h30, é assinalado o 1.º aniversário da Casa da Música Jorge Peixinho, com o mais recente espaço cultural do município a apresentar em palco o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa.

O espectáculo “por Terras do Zeca” marca, a 21 de Maio, o encerramento das comemorações de Abril no Montijo, que se faz no Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida. Pelo palco vão passar os artistas Maria Anandon, Filipa Pais, João Afonso e Vitor Paulo e a Banda da Sociedade Filarmónica 1.º de Dezembro, dirigida por João Malha.

Para já, patente na Biblioteca Municipal Manuel Giraldes da Silva encontra-se a exposição “Censurados”, que reúne trabalhos que foram censurados pelo regime. E a 13 de Abril no Museu Municipal passa a figurar uma exposição sobre o extinto Clube Desportivo do Montijo.

- PUB -

O programa está disponível na íntegra nas plataformas digitais do município.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -