23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Livro com mais de cem trabalhos de alunos da Universidade Sénior do Montijo vai ser apresentado na Casa da Música

Livro com mais de cem trabalhos de alunos da Universidade Sénior do Montijo vai ser apresentado na Casa da Música

Livro com mais de cem trabalhos de alunos da Universidade Sénior do Montijo vai ser apresentado na Casa da Música

Obra, com coordenação de José Manuel Pedroso da Silva, dá a conhecer o resultado de produções desenvolvidas em quatro áreas desde 2015

A Casa da Música Jorge Peixinho vai receber na próxima terça-feira, 9, pelas 14h30, a cerimónia de apresentação do livro “Marcas de Posse Bibliográficas”, que reúne trabalhos de mais de sete dezenas de alunos da Universidade Sénior do Montijo e academias seniores locais.

A edição dá a conhecer “102 trabalhos” realizados “desde 2015” por um total de “77 diferentes autores”, salienta José Manuel Pedroso da Silva, docente na Universidade Sénior do Montijo e responsável pela coordenação da edição.

- PUB -

Na obra, adianta Pedroso da Silva, os trabalhos distribuem-se por quatro grupos. “Alegóricos, aqueles que através de um desenho exprimem uma ideia abstrata ou um sentimento. São o grupo maioritário neste levantamento, contando com 60 exemplares. Seguem-se os selos chineses, ou outras composições com expressão semelhante. São em número de 20”, revela.

E sobre os trabalhos resultantes da referida cultura oriental, o coordenador do livro levanta a ponta do véu. “Tradicionalmente, o estilo mais usado na gravação de carimbos é o 篆書 [Zhuànshū], mas aqui podemos encontrar, entre outros, o 小篆 [Xiaozhuan], uma caligrafia promulgada como padrão nacional há mais de dois milénios ou o 九疊 [Jiudie], uma escrita quase labiríntica em que os caracteres se desenvolvem em nove socalcos”, explica.

Os dois outros grupos de trabalhos que compõem a obra assentam na heráldica e nos monogramas. “O capítulo seguinte – o dos ex líbris heráldicos – está representado por apenas sete exemplares, desenhados segundo as apertadas regras do brasão, designadamente no que se refere às associações cromáticas, à estilização e à proporcionalidade das figuras. Por último, temos um capítulo dedicado aos monogramas, em número de 15. Monogramas são a sobreposição, agrupamento ou combinação de duas ou mais letras ou outros elementos gráficos para formar um símbolo”, esclarece.

- PUB -

O livro é prefaciado pelo arquitecto Segismundo Pinto, presidente da Assembleia Geral da Academia Portuguesa de Ex-Líbris, e conta com uma introdução do coordenador da obra, Pedroso da Silva.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -