1 Março 2024, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoGénio do músico e maestro Jorge Peixinho relembrado este sábado no Montijo

Génio do músico e maestro Jorge Peixinho relembrado este sábado no Montijo

A Casa da Música no Montijo vai assinalar o nascimento de uma figura grande no panorama musical entre as décadas de 60 e 80

- PUB -

O compositor, pianista e maestro Jorge Peixinho faria 84 anos este sábado, 20 de Janeiro, dia em que será relembrado com um espectáculo com programação dupla na Casa da Música Jorge Peixinho, no Montijo.

Neste espaço cultural da Câmara Municipal do Montijo, gerido pela Companhia Mascarenhas-Martins, o público tem entrada gratuita para dois eventos. Às 16h00, entre música e debate a proposta é “Peixinho à solta” e uma conversa sobre Jorge Peixinho, às 21h30 começa o Concerto “Movimento para a modernidade”.

Segundo a organização do programa, durante a tarde é possível escutar a música do compositor em vários recantos da Casa da Música Jorge Peixinho, isto no evento “Peixinho à Solta”, ao qual se segue uma conversa com a participação dos directores artísticos do Grupo de Música Contemporânea de Lisboa.

- PUB -

À noite, é de assistir ao concerto “Movimento para a modernidade”, o qual é baseado no concerto inaugural do Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, que se realizou a 22 de Agosto de 1970. Vão ser interpretadas obras de compositores históricos do século XX como Henri Pousser, Friedhelm Döhl ou Anton Webern, a que se juntam duas obras de Jorge Peixinho e apresentação em estreia mundial de uma obra encomendada ao compositor Luís Pena.

As reservas são feitas na [email protected]
Jorge Manuel Rosado Peixinho, nasceu no Montijo em 1940, e veio a morrer em Lisboa em 1995. Foi compositor, pianista e maestro, tendo sido considerado um dos maiores do seu tempo.

Assumiu um papel fundamental na actualização do panorama musical entre as décadas de 60 e 80, não apenas através da sua actividade criativa, mas também enquanto incansável divulgador, ensaísta e intérprete.

- PUB -

Actualmente, além de dar nome a uma avenida e a uma Escola Secundária, é ainda o ex-líbris da nova Casa da Música Jorge Peixinho.

A Companhia Mascarenhas-Martins é uma estrutura financiada pela República Portuguesa – Cultura / Direcção Geral das Artes, Câmara Municipal do Montijo e Junta de Freguesia da União de Freguesias do Montijo e Afonsoeiro.

- PUB -

Mais populares

Homem encontrado morto em casa no centro de Setúbal [Actualizada]

Cadáver de José, de 66 anos, foi transportado para a morgue do Hospital de São Bernardo para realizar autópsia

PJ investiga cadáver encontrado no interior de uma viatura em Setúbal

Populares alertaram as autoridades pelas 22h30. Homem, de 57 anos, terá morrido por causas naturais

Pedro Catarino já é goleador-mor dos sadinos na 1.ª Divisão da AF Setúbal

Com cinco golos no Vitória B, avançado do plantel principal volta a ser decisivo
- PUB -