8 Fevereiro 2023, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoProtocolo assinado para preservar legado de maestro Jorge Peixinho

Protocolo assinado para preservar legado de maestro Jorge Peixinho

A autarquia e a Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa vão assinar acordo com vista ao tratamento museológico do espólio municipal

 

- PUB -

Será assinado um protocolo entre o município do Montijo e a Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, com vista ao tratamento museológico do espólio municipal do Maestro Jorge Peixinho, revelou a autarquia. Esta decisão foi tomada após ter sido aprovada, por unanimidade, em reunião pública no passado dia 28 de Dezembro.

O maestro Jorge Peixinho (1940-1995) foi um dos mais importantes compositores portugueses do século XX, tendo um papel fundamental na actualização do panorama musical do país entre 1961 e meados da década de 80, não apenas da sua actividade criatividade, mas também enquanto divulgador, ensaísta e intérprete, de acordo com a edilidade montijense.

A autarquia aldeana explicou, em comunicado de Imprensa, que o seu arquivo pessoal “traduz-se num legado de enorme complexidade e valor” que importa tratar e divulgar, uma vez que existe um interesse mútuo, tanto da autarquia como da universidade, em estabelecer relações de cooperação, de longo prazo, no campo dos “estudos integrados, inventário, salvaguarda, preservação e divulgação do património histórico-artístico, realização de estágios e trabalhos académicos”.

- PUB -

Os esforços conjuntos das entidades visam a “valorização do acervo patrimonial e artístico municipal do Maestro Jorge Peixinho”, explica o município, garantindo que pretende, simultaneamente, “proporcionar o incremento da conexão do ensino com a prática e a experimentação”.

Este protocolo será válido por o período de um ano, sendo que pode ser renovado automaticamente por igual período, esclareceu a autarquia montijense.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Estação de combustível da Repsol assaltada esta tarde em Setúbal

Indivíduo fugiu com o dinheiro da caixa. Ameaçou os funcionários com uma faca. Já são três os assaltos registados nos últimos quatro dias

“Vou tentar por todos os meios que me paguem aquilo que devem”

Restaurante Novo 10 fechado devido a uma dívida de 700 mil euros, funcionários sem ordenados e situação em tribunal sem fim à vista
- PUB -