20 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoUnião Mutualista aposta em painel de luxo para debater economia social

União Mutualista aposta em painel de luxo para debater economia social

Iniciativa marca o arranque das comemorações do 150.º aniversário da instituição montijense. Eduardo Fernandes Graça e Juan Antonio Pedreño são oradores

“Desafios da Economia Social no Presente”. É este o tema da conferência/debate que a União Mutualista Nossa Senhora da Conceição (UMNSC) promove já amanhã, a partir das 15 horas, na Galeria Municipal do Montijo.

- PUB -

A iniciativa abre o programa de comemorações dos 150 anos da UMNSC e vai apresentar um painel de excelência, moderado por Pedro Bleck da Silva, actualmente consultor da Associação Internacional das Mutualidades e da APM – Rede MUT. Abordar questões que tragam à luz os contornos e os desafios com que se debatem as entidades que actuam neste sector é o objectivo da iniciativa. A definição do conceito de economia social, o enquadramento e limitações legais das mutualistas e os modelos de financiamento são alguns dos tópicos que vão estar em cima da mesa.

Entre os oradores vão estar Eduardo Manuel Fernandes Graça, actual presidente da Cooperativa António Sérgio para a Economia Social (CASES), que já leva 30 anos de experiência no sector, e Juan Antonio Pedreño, presidente da Social Economy Europe e coordenador geral da ESMED (Economia Social Euro-Mediterrânica), que vai trazer ao debate o estado da arte da Economia Social na Europa. O documento “Construção de uma economia ao serviço das pessoas: plano de acção para a economia social”, recentemente apresentado pela Comissão Europeia e que vai ditar as políticas para o sector nos próximos anos, deverá ser um dos temas centrais.

O painel é completado por Jaime Crato, da comissão dos 150 anos da UMNSC, e Pedro Santos, presidente da UMNSC. Para o responsável pela mutualista do Montijo a promoção deste tipo de iniciativas “é também uma forma de valorizar a instituição e a comunidade”. “O esforço da UMNSC em acompanhar as tendências e as políticas que vão enquadrar a actividade destas instituições é sinónimo do compromisso que temos com um trabalho cada vez mais eficiente e capaz de responder às necessidades e desafios colocados pelos seus associados, utentes e comunidade”, adianta Pedro Santos. A conferência é aberta à população.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Dez dias de música em vários palcos da cidade de Setúbal com os melhores sons e vozes

O festival arranca com Pedro Abrunhosa, atravessa vários artistas e termina com Cuca Roseta

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica
- PUB -