7 Outubro 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoMatias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes...

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era

 

- PUB -

A montijense Dulce Pontes vai voltar a actuar em casa. É cabeça-de-cartaz da edição deste ano das Festas de São Pedro, que vão decorrer na cidade do Montijo entre 28 de Junho e 4 de Julho. Garantidos estão ainda os concertos com The Gift e Matias Damásio.

Tal como O SETUBALENSE avançou em primeira mão, a 17 de Março passado, estes eram três dos nomes melhor posicionados numa “shortlist” (lista curta) que a comissão organizadora havia definido para estas festividades. As negociações foram bem sucedidas e já há algumas semanas que “os três espectáculos estão garantidos”, apurou O SETUBALENSE junto de fonte próxima da organização.

O angolano Matias Damásio – que chegou a estar apontado à edição de 2020 – sobe ao palco na noite de abertura das festas (28 de Junho). A actuação do grupo The Gift está programada para dia 1 e Dulce Pontes apresenta-se ao público que a viu nascer no encerramento das celebrações, a 4 de Julho. Os três concertos estão previstos, para já, realizarem-se pelas 22 horas.

- PUB -

Igualmente certos estão dois outros concertos com as actuações das bandas filarmónicas da Sociedade 1.º de Dezembro do Montijo e da Academia Musical União e Trabalho de Sarilhos Grandes.

A vertente religiosa é cumprida no dia 29 com a realização das duas habituais procissões – a fluvial, a iniciar-se depois das 14 horas e com regresso ao Cais das Faluas previsto para pouco depois das 16 horas; e a nocturna, que percorrerá algumas das principais artérias do centro montijense a partir das 22 horas. Na primeira, a imagem de São Pedro é transportada por uma embarcação de pesca que é escoltada por outras, todas engalanadas, cumprindo-se pelo leito do Tejo a ligação entre a Base Aérea n.º 6 e o Cais das Faluas. Na segunda, saem em cortejo pelas ruas dezenas de andores com imagens oriundas das várias igrejas do concelho.

Cinco palcos e muito convívio

- PUB -

A Noite do Pescador, em frente à Sociedade Cooperativa União Piscatória Aldegalense (SCUPA), e a Noite de Comes e Bebes, a ter lugar na Rua Joaquim de Almeida, são dois dos momentos de forte convívio. Esta última, de maior dimensão, inicia-se ao final da noite de sábado (2 de Julho) e entra pela madrugada dentro. E no domingo (3 de Julho), ainda na Rua Joaquim de Almeida, é levado a efeito o almoço “Pé na Areia”, que junta várias tertúlias e convidados.

A animação, com o envolvimento do movimento associativo local, vai distribuir-se por cinco palcos: ao da Praça da República (a cargo da comissão de festas) juntam-se os palcos da Dance Fusion (no Cais das Faluas, nas imediações do terminal da rodoviária), da SCUPA (na Avenida dos Pescadores), do Motoclube do Montijo (no Jardim da Casa Mora) e da associação A Quadrada (na Praça Gomes Freire de Andrade).

As Festas em Honra de São Pedro estão de regresso, após dois anos de interregno provocado pela conjuntura pandémica. Mais de 200 mil euros é o montante que a Câmara Municipal do Montijo destinou atribuir às festividades.

Tauromaquia Grandiosa corrida e oito largadas

A vertente taurina é outra das componentes que vincam as tradicionais Festas Populares de São Pedro. Este ano, o programa volta a contemplar um total de oito largadas de toiros, na Rua Joaquim de Almeida, e a habitual Corrida de São Pedro, a ter lugar na monumental Amadeu Augusto dos Santos, a 2 de Julho, pelas 22 horas.

O cartel da Corrida das Festas de São Pedro vai contar com seis cavaleiros, que vão lutar pelo prémio da melhor lide frente a um imponente curro da ganadaria José Varela Crujo. Certos no cartel estão os nomes de António Ribeiro Telles, João Moura Caetano, Rouxinol Jr. e Andrés Romero. Dois grupos de forcados – um dos quais montijense – vão competir pelo prémio da melhor pega.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Colisão contra portagens na A2 em Coina causa vítima mortal

Viatura bateu contra os pórticos das portagens e acabou por se incendiar

Primeira pedra de construção de empreendimento à beira-rio lançada no município do Barreiro

Novo espaço habitacional pretende atrair famílias locais e jovens a um preço razoável   O lançamento da primeira pedra de construção do novo empreendimento que vai nascer...

Acidente de trabalho com um reboque faz um morto e um ferido

Vitimas estavam a trabalhar debaixo da estrutura que lhes caiu em cima
- PUB -