16 Maio 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoMunicípio montijense financia ambulância para a Cruz Vermelha

Município montijense financia ambulância para a Cruz Vermelha

Delegação da Foz vai receber 75 mil euros para comprar viatura. Secundária Jorge Peixinho também apoiada

 

- PUB -

A Câmara Municipal do Montijo vai atribuir 75 mil euros à Delegação da Foz (margem sul) da Cruz Vermelha para a compra de uma ambulância de socorro. O apoio financeiro à instituição foi decidido, por unanimidade, na reunião pública do executivo realizada na última quarta-feira, nos Paços do Concelho.

Segundo a autarquia, a delegação “dirigiu à Câmara o pedido de auxílio no sentido de adquirir uma ambulância de socorro”, destinada “a reforçar o apoio à população residente no concelho do Montijo, no que diz respeito à emergência e protecção civil”.

A edilidade justifica a atribuição do apoio com o facto de pretender “ir ao encontro de uma eficaz acção de socorro e defesa da segurança das populações”, no âmbito “de um quadro de cooperação entre o município do Montijo e a Delegação da Foz do Tejo (margem sul) da Cruz Vermelha Portuguesa”.

- PUB -

Ao mesmo tempo, lembra que a Cruz Vermelha Portuguesa “é uma instituição humanitária sem fins lucrativos, cuja missão é preservar a dignidade humana protegendo os mais vulneráveis”, através do desenvolvimento de “actividades nas áreas da saúde, emergência, protecção civil e acção social”, quer a nível nacional quer local, pelas delegações que apresenta.

Com igual sentido de voto, foi ainda aprovado na mesma sessão um subsídio para a Escola Secundária Jorge Peixinho no valor de 509 euros. A verba destina-se à “aquisição de oito objectivas acromáticas para microscópios usados pelos alunos nas práticas laboratoriais”.

O apoio dá continuidade a um investimento anterior suportado pela autarquia. “Em 2019, a Câmara Municipal do Montijo respondeu ao pedido, apresentado pela directora e pela presidente do Conselho Geral da escola, adquirindo e oferecendo a este estabelecimento de ensino 14 microscópios considerados essenciais para as práticas laboratoriais dos alunos. A directora da escola solicitou agora a colaboração da Câmara ao nível de um financiamento para suportar a despesa associada à substituição das objectivas, em quatro dos referidos microscópios, que estão inoperacionais”, explica a edilidade, a finalizar.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -