14 Maio 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Local Montijo Conduta de rega de jardins vai ser substituída para resolver inundações em...

Conduta de rega de jardins vai ser substituída para resolver inundações em caves de prédio

Nuno Canta diz que os trabalhos devem estar concluídos dentro de duas semanas. Serviços registaram dois casos

 

- PUB -

 

A conduta de rega dos jardins junto ao prédio do Lote 1 da Praça da Paz, no Bairro da Bela Vista, na zona do Afonsoeiro, vai ser integralmente substituída. A informação foi avançada a O SETUBALENSE por Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo, depois de uma ruptura ter provocado, na passada semana, inundações em caves do imóvel.

A situação, segundo Paulo Assis, um dos residentes que já sofreu prejuízos e que foi ressarcido pelo município, tem sido recorrente desde há pelo menos três anos. Mas o autarca afirma que, além da ocorrência da semana passada, “o único registo de inundação em caves do prédio, que consta nos serviços municipais, é de final de 2020”. Nuno Canta confirma essa ocorrência “no segundo semestre de 2020” e adianta que “embora essa ruptura na conduta tivesse sido reparada provocou inundações” numa cave do edifício. “Isso foi avaliado e o município assumiu as responsabilidades, indemnizando dos danos o proprietário [Paulo Assis]”, admite. Entre essa data e a mais recente situação “não foram registadas quaisquer outras rupturas”, afiança.

- PUB -

“Houve a 5 de Abril uma nova ruptura, que já foi identificada, mas num ponto diferente daquele onde havia acontecido anteriormente. E essa situação já foi remetida aos serviços. Estão já a ser substituídas as válvulas de segurança do sistema de rega e também vamos substituir integralmente o troço da conduta”, diz o edil, que espera ver “dentro de duas semanas” o problema resolvido. “O sistema de rega foi imediatamente desligado assim que soubemos desta nova ocorrência e continuará desligado até que a situação esteja resolvida. Na próxima semana, os munícipes podem começar a ver os trabalhos”, garante.

Nuno Canta considera ainda que este tipo de situação acaba por ser, de certa forma, comum. E explica: “Na Primavera, a Câmara Municipal do Montijo repõe o funcionamento da rega dos jardins e é normal acontecerem rupturas nas condutas de rega, pois no Inverno estão fechadas”. Além disso, aponta, existe também uma outra justificação para estas inundações. “Ocorrem normalmente quando acontecem rupturas junto aos edifícios que não estão impermeabilizados – e no Montijo temos, infelizmente, alguns casos”, conclui.

- PUB -

Mais populares

GNR desmantela maior rede de tráfico de amêijoa do Tejo em mega-operação com 200 militares

Operação resultou na detenção de seis homens e duas mulheres e na apreensão de 120 mil euros, 22 veículos e 14 embarcações   Um grupo de...

Luís Maurício: “Vamos fazer tudo para criar a polícia municipal”

Cabeça-de-lista do Chega à Câmara de Setúbal diz que concelho é inseguro e quer videovigilância em certas zonas da cidade   Luís Maurício, de 42 anos,...

Detidos em operação internacional de captura de amêijoa no Tejo são portugueses

Detidos serão presentes amanhã e quinta-feira ao tribunal do Montijo para 1.º interrogatório e aplicação das respectivas medidas de coacção   Os cinco detidos numa mega-operação...
- PUB -