10 Dezembro 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalMontijoMercadona prepara entrada no distrito de Setúbal pelo Montijo

Mercadona prepara entrada no distrito de Setúbal pelo Montijo

Nuno Canta diz que o processo de instalação de uma loja na freguesia montijense “evoluiu”. A concretizar-se, este será o primeiro investimento da marca no distrito de Setúbal

 

- PUB -

A Mercadona já “comprou um terreno a caminho do Forum [Alegro], junto à circular externa”, para instalar uma loja no Montijo. A revelação foi feita pelo presidente da Câmara, Nuno Canta, na reunião do executivo municipal, na quarta-feira passada.

Mas a empresa apenas admite que o concelho montijense é um de vários em estudo para a implementação de um supermercado. A concretizar-se, este será o primeiro investimento da marca no distrito de Setúbal.

O processo da Mercadona “está a evoluir” e nos serviços da autarquia já deu “entrada um pedido de informação prévia”, adiantou Nuno Canta, depois de questionado por Carlos Jorge de Almeida, vereador da CDU, que quis saber o ponto da situação face às declarações do socialista, sobre o investimento, a O SETUBALENSE, em Junho passado.
Ontem, em resposta a O SETUBALENSE, a empresa reconheceu que “está actualmente em processo de expansão na zona centro e sul do País, sendo o Montijo um dos vários concelhos em fase de estudo para possível implementação de um supermercado Mercadona”.

O executivo municipal voltou a reunir-se no Cinema TeatroJoaquim d’Almeida
- PUB -

Porém, escusa-se a confirmar a informação avançada pelo presidente da autarquia. “O projecto está ainda em fase de desenvolvimento, pelo que não existe de momento nenhum negócio concreto para apresentar ou comentar, nem previsão de investimento ou datas.”

A marca explica que em Portugal opera “com o modelo de loja eficiente”, que a empresa diz estar “a implementar” em toda a sua rede. Ao mesmo tempo, caracteriza a referida loja como “um supermercado de corredores espaçosos, com uma sala de vendas de cerca de 1.800 metros quadrados, e que promove a poupança energética e uma gestão totalmente informatizada”. Logo, deixa assim antever que se o investimento avançar no Montijo será nos mesmos moldes.

A Mercadona sublinha ainda que criou “em 2016 a empresa portuguesa Irmãdona Supermercados S.A. para operar e contribuir” fiscalmente em solo luso.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Militares da GNR raptados e agredidos na Costa da Caparica

Uma das vítimas sofreu ferimentos graves e está internada no Hospital Garcia de Orta. A PJ de Setúbal foi accionada e está a investigar o caso

Nova clínica da rede CUF abriu hoje portas no Montijo

Equipamento, construído de raiz, ocupa mais de 1 500 metros quadrados. Dá resposta a várias especialidades médicas e cirúrgicas

PSP apreende 8.500 petardos no Montijo

Autoridades informam que escola acusou o referido estabelecimento da venda de petardos a crianças
- PUB -