1 Dezembro 2021, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoGrupo empresarial com sede no Montijo vai construir a maior obra de...

Grupo empresarial com sede no Montijo vai construir a maior obra de Bragança

Foi a única a candidatar-se à construção do Museu da Língua Portuguesa. Autarquia nortenha já aprovou adjudicação da obra

A construção do Museu da Língua Portuguesa, em Bragança, vai ser adjudicada por cerca de 10 milhões de euros à Elevolution Portugal ACE, que está sediada no Montijo. O prazo de execução da empreitada é de 18 meses.

- PUB -

O grupo empresarial com sede no número 9 da Rua José Joaquim Marques foi o único a candidatar-se ao concurso público, lançado em Maio último pela Câmara Municipal de Bragança, para construção daquela que é a maior obra do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) do concelho nortenho.

A Elevolution apresentou uma proposta de 9 milhões e 280 mil euros, a que acresce IVA, montante abaixo do valor base do concurso.

A entrega da empreitada já foi aprovada, por unanimidade, em reunião de Câmara. De acordo com o relatório do júri, “não foi apresentada qualquer objecção” à decisão, pelo que se segue, segundo os pressupostos do concurso, a habilitação da empresa, que tem “10 dias” para apresentar os documentos.

- PUB -

A empresa terá também de prestar uma caução correspondente a 5% do valor do contrato de adjudicação que só vai ser formalizado depois do visto do Tribunal de Contas.
A expectativa do presidente da Câmara de Bragança, Hernâni Dias, é a de que, “até ao final de 2020, o processo esteja finalizado e pronto para avançar para obra”.
O Museu da Língua Portuguesa de Bragança é um equipamento único em Portugal, sendo este o segundo museu dedicado à Língua Portuguesa, depois do existente no Brasil.

O projecto com mais de uma década tem sido “complexo”, desde a idealização até à aquisição do próprio espaço onde vai ficar instalado, nos antigos silos da EPAC, em Bragança.

O município levou quase dois anos a negociar a compra dos silos à Direção Geral do Património, concretizando-a com um valor de 613 mil euros.

- PUB -

A ideia da criação deste espaço idêntico ao que existe no Brasil surgiu, em 2009, nos colóquios da Lusofonia organizados em Bragança.

O projecto contempla a recuperação dos antigos silos, um novo corpo acoplado e conteúdo expositivo. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, garantiu o patrocínio da Presidência ao projecto, numa visita a Bragança, em 2016.

 

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -