17 Maio 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoLinha de Apoio Social com 130 chamadas e mais de 400 refeições...

Linha de Apoio Social com 130 chamadas e mais de 400 refeições entregues

Autarquia faz balanço a duas semanas.  Pedidos para apoio alimentar e de informação sobre isenção de rendas sociais entre as principais solicitações

 

- PUB -

“Mais de 130 chamadas” telefónicas desde que, há duas semanas, foi lançada a Linha de Apoio Social é o balanço apresentado pela Câmara Municipal do Montijo, no âmbito das medidas implementadas para combater os efeitos da pandemia Covid-19.

O número é ainda maior no que toca ao fornecimento de refeições à população mais vulnerável.
“Estão a ser entregues uma média de 225 refeições semanais a munícipes que precisam de apoio diário”, revela a autarquia.

Os “pedidos para apoio alimentar, a indicação de dificuldades económicas e sociais e os pedidos de informação sobre a isenção do pagamento de rendas de habitação social” são as solicitações que mais se destacam entre as várias registadas pela Linha de Apoio Social.

- PUB -

O município lembra que as respostas dadas aos pedidos dos munícipes têm passado pelos seus “próprios serviços”, mas também pelos contributos das “juntas de freguesia, entidades oficiais e instituições da Rede Social”.

A Rede de Apoio Alimentar “continua em pleno funcionamento, assegurando-se a entrega/distribuição de alimentos às famílias economicamente mais vulneráveis em todas as freguesias do concelho”, salienta a autarquia. Neste âmbito, acrescenta, “o trabalho tem sido articulado” entre Câmara Municipal, Banco Alimentar, juntas de freguesia e instituições particulares de solidariedade social.

“Relativamente às refeições quentes, que estão a ser entregues a idosos sem suporte familiar, a pessoas com mobilidade reduzida ou impedidas de sair do domicílio devido a isolamento profiláctico, quarentena ou doença, numa primeira fase foram garantidas pela Santa Casa da Misericórdia do Montijo e pelo Centro de Reformados do Montijo”, explica a edilidade, sublinhando que essas refeições estão desde 30 de Março “a ser confeccionadas na Escola Básica do Areias” e a ser “distribuídas directamente pela Câmara”.

- PUB -

Migrantes e violência doméstica

No balanço apresentado, o município destaca também que no Centro Local de Apoio à Integração do Migrante (CLAIM) têm sido registados pedidos de apoio. Tem sido verificada “uma procura por parte dos migrantes que necessitam de informação sobre legalização, renovação de títulos de residência e sobre a Covid-19”.

A autarquia adianta que, nesse contexto, enviou “orientações sobre o novo coronavírus em várias línguas a empresas agrícolas, sedeadas nas freguesias Este do concelho (Pegões e Canha)”, tendo em conta que estas “empregam um número vasto de trabalhadores migrantes de diversas proveniências”.

Por outro lado, é ainda focada atenção numa outra problemática.
“Consciente do aumento do risco de violência doméstica em período de isolamento das famílias nas suas casas, continua igualmente em funcionamento a estrutura de atendimento Espaço Informação Mulheres, de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, através dos números 917 891 554 e 917 060 714.”
A Linha de Apoio Social (800 210 105), realça a autarquia a concluir, “é gratuita e foi criada para apoiar seniores e pessoas mais vulneráveis no decurso da pandemia”. A linha funciona nos dias úteis, das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h30.

Respostas asseguradas para crises sanitária e sócio-económica

A Câmara Municipal destaca também o “vasto conjunto de medidas de apoio à protecção civil e saúde e, igualmente, de estímulo económico e social” que tem vindo a implementar. Medidas adoptadas para fazer face “à crise sanitária e à crise sócio-económica provocadas pelo novo coronavírus”.

Nesta fase, a edilidade salienta que o pacote de medidas tem, em termos estratégicos, sido mais direccionado para o “apoio às pessoas e famílias mais vulneráveis do concelho”.
Já aprovadas foram várias medidas de apoio às micro, pequenas e médias empresas com a isenção de algumas taxas e tarifas durante três meses.
Ao mesmo tempo e de igual modo, a autarquia também isentou as rendas de habitação social pelo mesmo período.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -