23 Outubro 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Montijo Mais de 11 milhões de quatro investimentos em curso no Montijo

Mais de 11 milhões de quatro investimentos em curso no Montijo

Só as instalações da Meigal e da Triperu, do Grupo Lusiaves, representam um investimento total estimado em 7,7 milhões. Em construção está já uma clínica de hemodiálise que será uma das maiores da região. Superfície comercial Aldi em agenda

 

- PUB -

O concelho do Montijo continua a revelar atractividade na captação de investimento nas mais diversas áreas. Mais de 11 milhões de euros é a estimativa total de quatro investimentos – três já em execução e um ainda em fase de estudo – que o presidente da Câmara Municipal, Nuno Canta, aponta para salientar capacidade atractiva do território nas mais diversas áreas de negócio.

O mais avultado tem em comum o Grupo Lusiaves, através da Meigal e da Triperu. “São dois grandes investimentos ligados à produção de carne de frango e de peru, cujo valor total estimado ascende a 7,7 milhões de euros. Vão ser as maiores áreas de produção de carne de frango e perú que temos no país, do Grupo Lusiaves”, diz o autarca, adiantando que a instalação das empresas têm lugar nas freguesias da zona Este do concelho. “O investimento referente à Meigal representa 5,3 milhões de euros e localiza-se em Pegões. A Triperu fica em Canha, na zona das Taipadas, e estima-se um investimento na ordem dos 2,3 milhões de euros”, explicou.

Do sector agrícola, o autarca salta para a área da saúde, já que o Montijo prepara-se também para contar com mais uma clínica. Além do equipamento do Grupo Mello (CUF) há muito anunciado, Nuno Canta revela que o concelho vai passar a contar com uma das mais importantes unidades de hemodiálise, cujos trabalhos de construção “já começaram”.

- PUB -

A nova clínica vai ficar instalada numa zona frente ao Arquivo Municipal, “voltada para a estrada do Pau Queimado”. O investimento “deve ultrapassar os dois milhões de euros” e promete dotar a cidade de um equipamento de referência. “Acho que vai ser uma das maiores clínicas aqui da zona de Setúbal com 70 camas”, adianta o edil, lembrando que nas proximidades “está instalado um outro equipamento, que é a loja da Conforama, no Retail Park”, prevista abrir portas no próximo dia 23, e cujo investimento “deverá ser superior a dois milhões de euros”.

Aldi em perspectiva

Na forja encontra-se ainda a possibilidade de construção de uma superfície comercial, um supermercado Aldi, numa área de “aproximadamente 1900 metros quadrados”, nas imediações da rotunda da Santa, próximo da Escola Básica Integrada do Esteval.

- PUB -

“Essa é a possibilidade que está a ser trabalhada com os serviços de urbanismo da Câmara e que, a concretizar-se, permitirá completar aquela parte do Pocinho das Nascentes”, antecipa Nuno Canta, sublinhando que o investimento deverá “ultrapassar 1 milhão de euros”, até porque, justifica, “como contrapartida a Câmara exige a construção da continuidade da Avenida Garcia de Orta, que vem da Atalaia”. O objectivo é que a referida via passe a contar com “duas faixas de cada lado até à zona onde está a antiga fábrica Monticor”.

A concluir, Nuno Canta sublinha que este é um exemplo que “mostra a atractividade que o território do Montijo tem na captação de investimento, não apenas num sector mas em vários sectores, desde a saúde, à parte da distribuição e da produção”.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Embarcação de pesca de Setúbal sofre danos em encontro com orcas

Mestre diz que ataque, de grupo de quatro animais, durou 20 minutos e partiu leme do barco

Fica em prisão preventiva por esfaquear rival à porta de bar

Clientes travaram agressor e socorreram vítima

António Pereira: “Continuo a ver coisas no Vitória que não tenho visto nem na I Liga”

Eliminação da Taça de Portugal com o Vizela não esmoreceu aplausos aos atletas
- PUB -