22 Outubro 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Local Montijo MONTIJO | Agrupamento Poeta Joaquim Serra expõe trabalho na DGESTE

MONTIJO | Agrupamento Poeta Joaquim Serra expõe trabalho na DGESTE

O Agrupamento de Escolas Poeta Joaquim Serra tem patente na sede da Direcção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGESTE), em Lisboa, “uma exposição temática de trabalhos realizados no âmbito do Gabinete de Inclusão e Cidadania (GIC)”, anunciou a Câmara do Montijo. A mostra foi inaugurada na passada terça-feira e estará patente ao público até ao próximo dia 30.

- PUB -

“Porque a escola é mais do que letras e números…é quem lá vive” é o mote da mostra, que é composta “por peças que pretendem dar a conhecer o trabalho que o GIC tem desenvolvido no referido agrupamento escolar”.

O GIC, lembra a autarquia, é “um projecto de formação e intervenção do Agrupamento de Escolas Poeta Joaquim Serra, orientado para a promoção integral dos alunos e para o envolvimento e desenvolvimento da comunidade”. Entre outras iniciativas, o GIC “acolhe acções que promovem a solidariedade entre alunos, a inclusão dos alunos social e economicamente mais vulneráveis, realizando, igualmente, acções de carácter social como a distribuição de cabazes de natal, de roupas e de bens”, realça ainda a edilidade.

- PUB -

A ianuguração da exposição contou com as presenças do presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, e da vereadora responsável pelo pelouro da Educação, Maria Clara Silva, além de representantes da DGESTE, alunos e professores da Escola Joaquim Serra.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Embarcação de pesca de Setúbal sofre danos em encontro com orcas

Mestre diz que ataque, de grupo de quatro animais, durou 20 minutos e partiu leme do barco

António Pereira: “Continuo a ver coisas no Vitória que não tenho visto nem na I Liga”

Eliminação da Taça de Portugal com o Vizela não esmoreceu aplausos aos atletas

CDU rompe acordo com PSD e ‘salva’ PS na Assembleia Municipal

Geringonça desfeita. CDU queria sigilo sobre o compromisso até à tomada de posse. João Afonso (PSD) acusa comunistas de faltarem à palavra
- PUB -