23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Novo Centro de Saúde da Baixa da Banheira praticamente concluído

Novo Centro de Saúde da Baixa da Banheira praticamente concluído

Novo Centro de Saúde da Baixa da Banheira praticamente concluído

Fase de recepção provisória da obra está prevista para 27 de Março

 

O novo Centro de Saúde da Baixa da Banheira, no concelho da Moita, está praticamente concluído e terá todas as condições para servir médicos e utentes, disse esta quarta-feira o presidente da câmara, Carlos Albino (PS).

- PUB -

Em declarações à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal da Moita, adiantou que a obra está praticamente concluída, em fase de acabamentos, e que agora estão a agilizar a transferência de equipamento e de mobiliário para que a unidade possa estar ao serviço dos utentes o mais rapidamente possível.

“Quero dizer aos médicos que podem vir para uma instalação nova a estrear, com bons equipamentos e óptimas salas para desenvolverem a sua actividade”, acrescentou o autarca.

Numa publicação em vídeo publicada na segunda-feira na sua página na rede social Facebook, a presidente do conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Arco Ribeirinho (ULSAR), Teresa Carneiro, disse que a unidade está praticamente concluída e que até ao final do Verão poderá estar a funcionar.

- PUB -

A equipa da ULSAR visitou recentemente as obras de construção do novo edifício, cuja fase de recepção provisória da obra está prevista para o dia 27 de Março.

A recepção provisória de obra constitui a aceitação do resultado prometido no contrato de empreitada e envolve, por um lado, a realização de um acto material: a vistoria, e, por outro, a emissão de um acto jurídico: a declaração de recepção provisória da obra.

A ULSAR tem como área de influência directa os concelhos de Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete, com o Hospital Distrital do Montijo, o Hospital Nossa Senhora do Rosário (Barreiro) e os centros de saúde de Alcochete, Barreiro, Quinta da Lomba, Moita, Montijo e Baixa da Banheira.

- PUB -

Em Agosto de 2022, a Câmara Municipal da Moita (PS) tomou posse administrativa da obra do Centro de Saúde da Baixa da Banheira, depois de perceber que os prazos não seriam cumpridos, tendo a empresa da altura deixado apenas 31% da obra realizada.

Em Abril de 2023, o autarca assinou o auto de consignação com a empresa Wikibuild para a finalização da construção do novo Centro de Saúde.

Esta nova unidade de saúde vai servir cerca de 30.000 utentes e a sua construção começou em Janeiro de 2020.

Carlos Albino adiantou que, após a transferência de toda a equipa de saúde para a nova unidade, a autarquia vai avançar com o compromisso assumido de reconverter o antigo edifício em habitação acessível destinada a profissionais de saúde com o objectivo de fixar recursos humanos no concelho da Moita.

O actual Centro de Saúde da Baixa da Banheira funciona há anos num edifício de habitação com vários andares.

A Comissão de Utentes da Saúde da Baixa da Banheira (CUSBB) tem vindo a alertar para as condições do actual edifício, assim como para a falta de médicos e para as longas filas de espera para a marcação de consultas.

De acordo com a CUSBB, a situação de acesso aos cuidados de saúde na Unidade de Cuidados de Saúde Primários da Baixa da Banheira tem vindo a agravar-se desde Julho de 2022, mês em que seis médicos deixaram de prestar serviço, aumentando substancialmente o número de utentes sem médico de família.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -