21 Maio 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalMoitaAssembleia Municipal deu voz a todos os partidos no 25 de Abril

Assembleia Municipal deu voz a todos os partidos no 25 de Abril

Presidente da Assembleia Municipal recorda que as várias forças políticas têm direito a expressar-se

 

- PUB -

A Assembleia Municipal da Moita realizou na última segunda-feira, na Praça da República, uma sessão solene comemorativa do 48.º aniversário do 25 de Abril, com o seu presidente, António Duro, a destacar que a homenagem à Revolução dos Cravos “tem a particularidade de celebrarmos [esta data] com mais tempo vivido em democracia do que em ditadura”, destacou.

Na altura, o responsável afirmou que todas as forças políticas “seja de que quadrante for, terão nesta homenagem a Abril direito à palavra e a expressarem livremente o que lhes for na alma, tendo sublinhado que “neste dia icónico para os portugueses, a nossa solidariedade vai para o povo ucraniano”, tendo desejado que a paz “regresse o mais rápido possível e as armas sejam trocadas pela diplomacia”, defendeu.

A Banda Musical do Rosário e a Banda Filarmónica da Moita abrilhantaram a Festa da Liberdade deste ano

Após a Banda Musical do Rosário e a Banda Filarmónica da Moita terem tocado, em conjunto, o tema “Grândola Vila Morena”, teve lugar um outro momento musical com Afonso Ribeiro, em representação da Academia de Artes da Moita. Presentes na iniciativa, estiveram ainda os alunos representantes do Parlamento dos Jovens, oriundos do Agrupamento de Escolas da Moita e da ETPM – Escola Técnica Profissional da Moita.

- PUB -

A sessão ao ar livre contou ainda com a participação de deputados municipais dos diferentes partidos, com assento naquela Assembleia Municipal, nomeadamente, CDS, PSD, Bloco de Esquerda, CDU e PS, além do presidente do município, Carlos Albino. “Assinalamos hoje a passagem de mais um aniversário de uma das datas mais importantes para a democracia do nosso país”, afirmou, tendo recordado que, tal como há 48 anos, é na rua e “em plena liberdade”, que se volta a enaltecer “todos aqueles que a madrugada do dia 25 de Abril de 1974, derrubaram o regime fascista e opressor que governou Portugal durante quase cinquenta anos”, lembrou.

O autarca moitense acrescentou que “é também aqui, honrando de forma clara a revolução de Abril, que damos voz a todas as forças políticas representadas na Assembleia Municipal, porque a nossa história não é propriedade de ninguém”, recordou, tendo assinalado que a data “é pertença de todos e é a todos nós que cabe honrá-lo e perpetuá-lo”, frisou.

Actividades marcaram Festa da Liberdade

- PUB -

A Festa da Liberdade prosseguiu com demonstrações de actividades associativas, desportivas e culturais, por diferentes clubes e associações do concelho, na zona envolvente ao edifício do município e na área da caldeira.

Durante esta data, estiveram em destaque várias modalidades, tais como o Futsal, pela Associação de Moradores do Bairro Novo e Associação de Moradores e Amigos da Zona Sul. Também a União Desportiva e Cultural Banheirense participou na festa, com a sua secção de patinagem artística, e o União Futebol Clube Moitense, com a presença de jogadores nesta zona da vila. Já o Centro Náutico Moitense marcou presença no evento, através da sua participação em actividades de vela, canoagem, caiaques e remo, tendo ainda marcado presença a ARTEJO – Associação de Remadores do Tejo, com a Associação Naval Sarilhense e o Beira Mar Náutica. Além destes, a data foi ainda preenchida com actividades de fitness e zumba, pelo Grupo Desportivo e Cultural dos Trabalhadores daquela câmara municipal.

A data ficou ainda marcada por outras actividades culturais, tais co- mo a actuação do Grupo “Coral Viva” do CRIVA – Centro de Reformados e Idosos do Vale da Amoreira, do Gru- po Coral Alentejano “O Sobreiro” e do Grupo de Sevilhanas Soledad, da Sociedade Filarmónica Estrela Moi- tense.

A data foi ainda abrilhantada pelo Grupo Musical Espiga Dourada da Barra Cheia e pelo Grupo de Tocadores de Búzios, com uma demonstração de hip-hop do Clube União Banheirense “O Chinquilho” e as passistas da Escola de Samba Unidos do Clube das Arroteias. O programa comemorativo do aniversário da revolução vai prosseguir até 24 de Maio, com um conjunto de actividades organizadas pela autarquia local, em conjunto com a Assembleia Municipal da Moita, as Juntas de Freguesia e o movimento associativo concelhio.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos
- PUB -