13 Agosto 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalMoitaAssociação MOVE a Tua Terra promove campanha de apoio às famílias carenciadas...

Associação MOVE a Tua Terra promove campanha de apoio às famílias carenciadas de Angola

Voluntários apelam à ajuda de famílias angolanas que vivem em situações graves de carência

 

- PUB -

A Associação MOVE a Tua Terra – responsável pelo projecto Moita Solidária –, esteve recentemente reunida com o Cônsul Geral de Angola em Lisboa, Narciso do Espírito Santo Júnior, juntamente com o Centro Social O Bom Samaritano, os projectos “Famílias com Esperança”, da Paróquia da Moita, e “Do Futebol para a Vida” e Vivina Nunes, vereadora responsável pelo pelouro da Acção Social naquela câmara, com vista ao desenvolvimento de parcerias “para, em conjunto, ajudar mais famílias a nível local e nacional”.

Na altura, o presidente da associação, Daniel Demétrio, informou ainda que os próximos dias passam pela promoção de “uma acção humanitária de âmbito internacional”, em conjunto com outras associações.

Neste âmbito, as comunidades angolana e portuguesa estão empenhadas na organização de uma campanha solidária para ajudar as famílias mais carenciadas em Angola, vítimas das recentes cheias que devastaram a capital Luanda, e da seca extrema que tem afectado o Sul daquele país.

- PUB -

A campanha em causa está a ser promovida até 10 de Junho pela Associação MOVE a Tua Terra, através do seu projecto de acção social Moita Solidária e, na sequência da parceria com o projecto “Do Futebol para a Vida”, a associação conta com a participação de várias personalidades do mundo do futebol.

O grupo de voluntários deixa o apelo à sociedade civil para que se mobilize em apoio a esta causa solidária, através de doações de bens essenciais, nomeadamente de alimentos não perecíveis, roupa e calçado, bem como material escolar e desportivo, entre outros.

“Recordamos que as recentes chuvas torrenciais que ocorreram em Luanda foram devastadoras para o País, tendo causado pelo menos 14 mortos e 8 000 desalojados, agravando as condições de vida dos habitantes, muitos deles que já viviam em situações graves de carência”, lembra Daniel Demétrio.

- PUB -

“A solidariedade não tem fronteiras”

Entre outras problemáticas, o presidente da direcção daquela associação, recorda que também a seca extrema que tem ocorrido no Sul de Angola, afecta “as comunidades rurais, levando a que estes refugiados climáticos tenham de se deslocar para outras zonas do País, ou até mesmo para outros países à procura de melhores condições de vida”.

Daniel Demétrio realça ser fundamental que a população se una por estas causas, porque “a solidariedade não tem fronteiras” e “é de louvar que estas parcerias estejam a ser criadas em apoio a quem mais precisa”.

A recolha das doações, informa a associação, poderá ser feita nos espaços das quatro entidades promotoras, incluindo a Moita Solidária e a Associação MOVE a Tua Terra, podendo também ser contactadas através das respectivas páginas de Facebook.

“Estamos muito entusiasmados com estas novas parcerias e relações que estamos a desenvolver porque consideramos que apenas em conjunto conseguimos chegar mais longe”, conclui o presidente da associação, que está permanentemente disponível para receber apoios na sede do Moitense Futebol Clube, de segunda a sexta-feira, entre as 18h00 e as 19h30.

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

Festas do Barrete Verde com sardinhada, bailes e toiros em verdadeira largada brava

Um gostam, outros nem por isso, mas o certo é que a vila de Alcochete enche nas Festas do Barrete Verde
- PUB -