29 Novembro 2021, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalMoita“Os Verdes” exigem construção urgente de Posto da GNR na Moita

“Os Verdes” exigem construção urgente de Posto da GNR na Moita

Deputado questiona Governo sobre projecto para erguer novas instalações

 

- PUB -

O deputado José Luís Ferreira, do Grupo Parlamentar “Os Verdes” entregou na Assembleia da República, na última semana, uma pergunta onde questiona o Governo, através do Ministro da Administração Interna (MAI), Eduardo Cabrita, sobre “a necessidade urgente de construção de novas instalações” para o Posto Territorial da GNR da Moita, cujas actuais instalações encontram-se “totalmente degradadas e são exíguas para o cumprimento da missão” daquela força de segurança, e que causa “inúmeros constrangimentos”.

O parlamentar lembra que o posto continua a funcionar em instalações municipais, cedidas gratuitamente, que “não são as mais adequadas em termos de localização, espaço, segurança, acessibilidades e funcionalidade”, defendendo que a construção de um novo equipamento é “uma necessidade premente a que importa dar resposta”. O representante do partido recorda ainda que, em 2009, o MAI adquiriu as antigas instalações da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Moita para ali instalar o novo posto, contudo, essa intenção “nunca se veio a concretizar”.

Entretanto, a 3 de Dezembro de 2018, a autarquia local e o Secretário Geral daquele ministério “assinaram um contrato de permuta deste edifício por um terreno municipal”, com uma área superior a oito mil e 440 metros quadrados para edificar um equipamento mais moderno.

- PUB -

No entanto, em Fevereiro do ano passado e após a publicação do anúncio do concurso público para a elaboração do projecto de execução da construção de raiz do futuro posto, que o deputado afirma constar da “lista prioritária de investimentos em infraestruturas para as forças de segurança” para os anos de 2019/20, a respectiva construção “nunca se concretizou” e continua a representar “uma antiga e justa reivindicação” do município presidido por Rui Garcia, eleito pela CDU.

Ao longo de vários anos, sublinha o parlamentar, a câmara “tem solicitado a sua contemplação no Orçamento de Estado sem qualquer desenvolvimento”, defende, tendo agora pedido esclarecimentos ao Governo para saber se o projecto em causa “já se encontra elaborado e outorgado” e para quando está previsto “o início da adjudicação desta empreitada”, bem como a sua edificação.

José Luís Ferreira pretende ainda obter informações sobre os motivos para a não concretização deste projecto nos últimos dois anos, conforme “constava na Lei de Programação de Instalações e Equipamentos das Forças e Serviços de Segurança”, qual a verba que lhe está afecta e que prazo de execução está previsto para a sua concretização.

- PUB -

 

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -