18 Maio 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalMoitaConstrução da Unidade de Saúde Familiar da Baixa da Banheira avança no...

Construção da Unidade de Saúde Familiar da Baixa da Banheira avança no terreno

Novo equipamento vai servir mais de 30 mil utentes

 

- PUB -

A construção da nova Unidade de Saúde Familiar da Baixa da Banheira continua a avançar no terreno, tendo como objectivo final “promover a integração social e combater a pobreza e qualquer discriminação”, junto das populações daquela região do concelho da Moita.

Com um custo superior a dois milhões e 286 mil euros, o novo edifício está a nascer junto à Rotunda 25 de Abril e deverá estar concluído durante o próximo ano, num equipamento que vai servir “uma população de cerca de 30 mil e 400 utentes”.

Recorde-se que o município da Moita cedeu gratuitamente, em regime de direito de superfície, o lote de terreno onde está a ser erguido o futuro equipamento de saúde. “Embora a responsabilidade da construção seja exclusivamente do Ministério da Saúde, a Câmara Municipal assumiu os encargos com elaboração dos projectos das especialidades”, para além da coordenação da fiscalização técnica da empreitada, os encargos com os arruamentos, arranjos exteriores, estacionamento, infra-estruturas e respectivas ligações de água, esgotos, electricidade e telefone, no montante global de 335 mil euros, para além do valor do próprio terreno.

- PUB -

Aquela que é “uma reivindicação antiga” da população e dos eleitos locais, é financiada ao abrigo do contrato-programa celebrado com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, tendo resultado de uma candidatura ao Programa Operacional da Região de Lisboa – FEDER.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -