9 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Luís Represas apadrinha chegada do Dia da Liberdade em Alhos Vedros

Luís Represas apadrinha chegada do Dia da Liberdade em Alhos Vedros

Luís Represas apadrinha chegada do Dia da Liberdade em Alhos Vedros

Fundador da antiga banda Trovante vai actuar no Largo da Feira, na noite de 24. Praça da República acolhe sessão solene

 

É um dos incontornáveis nomes do panorama artístico nacional e é cabeça-de-cartaz das comemorações do 50.º aniversário da Revolução dos Cravos no concelho da Moita. Luís Represas vai actuar no Largo da Feira, em Alhos Vedros, a partir das 22h30 de 24 de Abril.

O principal rosto da antiga formação Trovante – grupo formado em 1976 –, que iniciou carreira a solo em 1992 e que em 9 de Junho de 2005 foi condecorado com a Ordem de Mérito pela Presidência da República, é a proposta do município da Moita para os momentos que antecedem a chegada dos primeiros instantes do próximo 25 de Abril, data eternizada pelo triunfo da Liberdade sobre a ditadura em 1974.

A programação para celebrar meio século da efeméride é vasta e diversificada. E em destaque está sempre, como é apanágio de norte a sul do País, a realização da sessão solene da Assembleia Municipal, a ter lugar logo ao “raiar” do Dia da Liberdade. A cerimónia realiza-se, a partir das 9 horas do dia 25, na Praça da República, na Moita.

Além do concerto com Represas e da “tradicional” sessão solene, o município destaca várias actividades agendadas para este mês, embora o calendário comemorativo divulgado se estenda até finais de Maio.

Já amanhã, pelas 21 horas, a Biblioteca Municipal de Alhos Vedros acolhe um debate subordinado ao tema “Como se vivia antes do 25 de Abril” e para domingo, 7, a partir das 17 horas, está marcado um espectáculo de rua a cargo da Associação Cultural Atmosfera das Ideias, a realizar-se na Praça da República, na Moita.

Para dia 20 estão previstas duas outras actividades. A abertura da exposição intitulada “Da Resistência à Liberdade” no Palacete Condes de Sampayo, em Alhos Vedros, que vai estar patente ao público até 28 de Dezembro, e à noite, a partir das 21h30, o Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, recebe o espectáculo “Era uma Vez um País, a História cantada por Joaquim Lourenço”.

O Dia da Liberdade, 25, arranca com “mergulhos” na Piscina Municipal de Alhos Vedros, entre as 7 e as 19 horas, e ao longo de todo o dia – das 9 às 20 horas – disputa-se o 34.º Torneio de Ténis de Mesa Zeca Afonso, no Pavilhão Desportivo Municipal da Moita, promovido pela Academia Musical e Recreativa 8 de Janeiro de Alhos Vedros. Durante o mesmo período (9 às 20 horas), a Junta da União das Freguesias de Baixa da Banheira e Vale da Amoreira leva a efeito no Parque José Afonso a “Festa da Liberdade”. De permeio, a partir das 15 horas, o teatro, a música, o cante alentejano, além de pinturas e insufláveis, animam o Parque Municipal da Moita, numa iniciativa organizada pela Junta de Freguesia.

No dia 27, pelas 16 horas, sobe ao coreto do Rosário a Banda Musical do Rosário, para um concerto comemorativo da Liberdade.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -