23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Linha entre porto de Setúbal e Praias do Sado modernizada por 17,5 M€

Linha entre porto de Setúbal e Praias do Sado modernizada por 17,5 M€

Linha entre porto de Setúbal e Praias do Sado modernizada por 17,5 M€

Empresa responsável por gerir e administrar as infra-estruturas ferroviárias e rodoviárias nacionais lançou um concurso público

 

A Infraestruturas de Portugal (IP) abriu um concurso público no valor de 17,5 milhões de euros para a modernização da Linha do Sul, concretamente entre Porto de Setúbal e Praias de Sado.

- PUB -

A informação foi avançada pela empresa responsável por gerir e administrar as infra-estruturas ferroviárias e rodoviárias nacionais que, através de um comunicado enviado à redacção de O SETUBALENSE explicam que as intervenções têm como objectivo “eliminar os constrangimentos de exploração ferroviária existentes na estação de Praias-Sado, assim como em diversos ramais e infra-estruturas ferroviárias do Porto de Setúbal, melhorando as condições de exploração do sistema ferroviário”.

Segundo o mesmo comunicado as verbas são dirigidas à electrificação de linhas e ligações “e/ou à construção de linhas na Estação de Setúbal-Mar e Ramal do Porto de Setúbal e à construção de um desnivelamento rodoviário”, esta última empreitada que permitirá que a passagem de nível da Cachofarra seja suprimida (“ao quilometro 31,670”), um local onde já se registaram várias mortes e acidentes com carros envolvidos.

A decisão de encerrar esta passagem de nível já estava a ser planeada pela IP desde finais de 2022, momento em que a gestora anunciou que ia suprimir a passagem de nível pedonal das Fontaínhas para construir uma passagem de nível inferior. Tanto nas Fontaínhas como na Cachofarra, muitos são os óbitos e acidentes que se registam.

- PUB -

Para o comércio, da região e do País, a empreitada de modernização vai ser uma mais valia porque, no entender da IP, o reforço da ligação ferroviária vai tornar mais eficiente o transporte ferroviário de mercadorias, medida que potencia “o aumento da competitividade da economia nacional”.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -