12 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Fátima Lopes “deixou-se fluir” na apresentação do seu novo livro no Barreiro

Fátima Lopes “deixou-se fluir” na apresentação do seu novo livro no Barreiro

Fátima Lopes “deixou-se fluir” na apresentação do seu novo livro no Barreiro

“Simply Flow – Atreve-te a abrandar” dá nome à mais recente obra da apresentadora televisiva camarra

 

“Sinto-me muito feliz. É para mim um privilégio porque é uma terra que tenho no meu coração, onde vivi 20 anos da minha vida. Tenho muitas memórias do Barreiro, é uma terra onde fui muito feliz, por isso, tem um sabor especial, não é apenas mais uma apresentação, são as minhas raízes a chamarem por mim”.

- PUB -

Foram estas as palavras de Fátima Lopes a O SETUBALENSE para descrever a apresentação de “Simply Flow – Atreve-te a abrandar”, o mais recente livro da apresentadora de televisão barreirense.

A obra foi mostrada na noite da passada sexta-feira no Largo de Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro, momento em que as festas da cidade já contavam com o seu segundo dia.

Num cenário de entusiamo e atmosfera nostálgica dezenas foram as pessoas que se juntaram em torno da apresentadora para assistir a uma apresentação que a própria diz ter sugerido.

- PUB -

“Pela primeira vez na minha vida – e já escrevi 10 livros – fui eu que me ofereci para vir a uma festa apresentar o meu livro, e tinha que ser na minha terra natal, já agora, deixa-me puxar a brasa à minha sardinha”.

“Simply Flow” é também o nome do site que Fátima Lopes criou há sete anos, dedicado a questões de saúde, bem-estar pessoal e ambiental. No livro, a autora partilha reflexões profundas sobre a sua vida, desde a infância à adolescência e início da vida adulta. “Muitas das memórias passaram no Barreiro, pela minha experiência aqui, eu achei que partilhando a minha história conseguia que quem me lia também revisitasse a sua história” acrescentou.

A escritora espera que a obra possa proporcionar aos leitores uma oportunidade de reflexão sobre as suas histórias e comportamentos no dia-a-dia.

- PUB -

“Este livro relembra que eu posso fazer diferente pela minha saúde e bem-estar. Essa responsabilidade está nas minhas costas, tenho de ser uma pessoa capaz de me escolher no dia-a-dia, porque as pessoas fazem tudo ao contrário e depois não podem estar á espera que a saúde lhes bata à porta, porque ele é o reflexo das escolhas que nós fazemos”.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -