19 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Barreiro celebra Dia da Criança com muita animação

Barreiro celebra Dia da Criança com muita animação

Barreiro celebra Dia da Criança com muita animação

Associações e autarquia planeiam várias actividades para divertir os mais novos

É já neste sábado que se celebra o Dia da Criança e a cidade do Barreiro está a preparar várias iniciativas para comemorar esta data com os mais novos. A Associação NÓS – Associação de Pais e Técnicos para a Integração do Deficiente, é a primeira a iniciar a festa no Dia Mundial da Criança. Entre as 09h30 e as 12 horas de hoje vai decorrer uma “Manhã Pirilampástica”, uma campanha promotora dos direitos das pessoas com deficiência intelectual e/ou multideficiência e de uma acção promotora de sensibilização para a inclusão.

- PUB -

Nesta manhã mágica, onde o lema é “A Magia da Solidariedade”, a NÓS convida todas as crianças a participar neste projecto para assistir à actuação dos jovens do Centro de Actividades e Capacitação para a Inclusão (CACI), contando com a presença da Cooperativa de Educação, Reabilitação, Capacitação e Inclusão da Moita e Barreiro (CERCIMB) e a RUMO – Cooperativa de Solidariedade Social.

A associação NÓS tem ainda mais uma actividade para os mais novos, sendo que na III Semana Académica do Barreiro, no sábado, dia em que se celebra do Dia Mundial da Criança, das 14h30 às 16h30, vai existir uma sessão do livro “Únicos e Especiais” no Fórum Barreiro. A primeira obra publicada pela associação, que conta com a ajuda da psicóloga Rita Jeurissen e ilustrador Paulo Galindro, narra as histórias de várias crianças sobre as suas capacidades, semelhanças e diferenças, e conta a sua forma única e especial de ser, mostrando também aquilo que as torna felizes. Este livro existe com o intuito “de unir as pessoas formando o respeito e a inclusão social”.

Também integrado na III Semana Académica do Barreiro, a Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências Médicas (AEFCM) desenvolve a iniciativa “O Hospital da Bonecada”, em que as crianças poderão levar os seus bonecos ao hospital. Será no Parque da Cidade (Edifício Américo Marinho), das 09h30 às 12h30, que as crianças poderão contar com a ajuda de diversos alunos da área da medicina, desde Ciências Biomédicas Laborais até Psicologia e Terapia da Fala, para expor os problemas de saúde dos seus bonecos.

- PUB -

Já o Auditório Municipal Augusto Cabrita, numa actuação de trinta minutos, o público infantil encontrará um espetáculos que os leva a mergulhar ao fundo do mar. Onde “o belo e o artesanal se encontram”, os mais novos vão encontrar uma cenografia feita de croché e tricô, que explora espécies, fauna e flora marinha. Nesta peça de teatro as crianças poderão ainda ter a oportunidade de interagir consoante a sua vontade. Com um público-alvo dos seis meses aos dois anos, o preço é de sete euros (bebé e dois adultos). Estão agendadas duas sessões, a primeira às 15 horas e a última às 17 horas.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -