19 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Articulação entre município e tutela vale sede ‘renovada’ para o Desportivo dos Ferroviários

Articulação entre município e tutela vale sede ‘renovada’ para o Desportivo dos Ferroviários

Articulação entre município e tutela vale sede ‘renovada’ para o Desportivo dos Ferroviários

Cobertura das instalações requalificada. Secretário de Estado da Juventude e do Desporto apadrinhou inauguração

 

As mais de três centenas de atletas do Grupo Desportivo dos Ferroviários, do Barreiro, já têm mais condições para evoluir no desenvolvimento das modalidades que praticam. A cobertura da sede do clube foi integralmente requalificada e o resultado da obra – cuja inauguração foi apadrinhada pelo secretário de Estado da Juventude e do Desporto na passada terça-feira – além de dotar o espaço de uma outra vitalidade é demonstrativa de como o funcionamento articulado das administrações local e central se pode traduzir em claros benefícios paras as populações.

- PUB -

É que de outra forma, sem a união de esforços, a intervenção que permitiu recuperar parte essencial daquele património edificado não seria possível executar, conforme admitiu Carlos Ferreira, presidente da direcção dos Ferroviários, em declarações reproduzidas na página do município no Facebook. “Se não fosse o programa do IPDJ [Instituto Português do Desporto e Juventude], bastante complementado com o apoio da autarquia, seria impossível realizá-la”, disse o responsável.

E essa foi também uma tónica acentuada por Frederico Rosa, presidente da Câmara Municipal do Barreiro. “Foi possível com o programa de apoio ao movimento associativo da Câmara Municipal, que pagou uma parte significativa, com o apoio do PRID [Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas], através do IPDJ, e acima de tudo com a grande vontade da direcção [do clube] em querer fazer com que esta obra acontecesse”, salientou o autarca, para de seguida reforçar a importância da articulação entre a administração central e o governo local.

“Esta conjugação de factores, como já temos visto noutros lados do concelho – o clube de vela, por exemplo, falando também de desportos de rio – é fundamental para resolver problemas que às vezes se arrastam há décadas, dando uma nova cara, uma nova roupagem, a estas instalações e as melhores condições aos praticantes, sejam neste caso remadores, sejam do próprio xadrez, ou aos próprios treinadores para poderem exercer a sua actividade. É este o caminho que temos de seguir e que vamos continuar a seguir”, garantiu o socialista.

- PUB -

Sem deixar de afinar pela mesma visão de Frederico Rosa e Carlos Ferreira, o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Correia, que lembrou o ecletismo do Desportivo dos Ferroviários, realçou que “a obra contou também com o apoio da Câmara Municipal do Barreiro” e que os municípios “são parceiros essenciais” da administração central. “O que o IPDJ fez foi disponibilizar um programa que todos os anos apoia dezenas de projectos por todo o País, de pequenas reabilitações de instalações desportivas”, lembrou o governante.

A placa alusiva à ocasião foi descerrada por João Paulo Correia, Frederico Rosa e Carlos Ferreira e o acto simbólico deu outra cor às comemorações dos 93 anos de existência do clube, assinalados com a realização de uma sessão solene que contou ainda com o baptismo de uma nova embarcação para a prática de remo. O Grupo Desportivo dos Ferroviários do Barreiro foi fundado em 19 de Abril de 1930.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -