1 Julho 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalBarreiroRotunda no Barreiro promete desafogar cruzamento que liga Av. do Bocage à...

Rotunda no Barreiro promete desafogar cruzamento que liga Av. do Bocage à Rua Miguel Bombarda

Obra vai avançar em breve e está orçada em mais de 650 mil euros

 

- PUB -

O município do Barreiro deverá avançar, no período de dois a três meses, com a construção de uma nova rotunda no cruzamento da Avenida do Bocage com a Rua Miguel Bombarda, para alteração do sistema de regulação do tráfego existente nesta intersecção rodoviária.

A obra pretende igualmente promover “uma maior, melhor e mais segura mobilidade” neste ponto do território, numa intervenção orçada “em mais de 650 mil euros”, que incluirá no futuro a instalação de um elemento escultórico.

Rui Braga, vice-presidente da autarquia, explicou na última reunião pública do executivo, que este “é o culminar de uma negociação com o proprietário”, que vai ceder um pedaço do território, para que “possamos construir a rotunda” numa das principais entradas e saídas da cidade, que incluirá a retirada da semaforização do local.

- PUB -

“Estamos prontos para a execução e é expectável que nos próximos meses possamos avançar com a obra, com os constrangimentos que uma [intervenção] desta natureza vai criar”, reconheceu.

Actualmente, a Câmara está a ultimar o início dos trabalhos e o vice-presidente acredita que, com esta intervenção, “será possível eliminar um dos pontos negros da mobilidade no seio do território”, permitindo acabar com muitos dos semáforos existentes nesta zona.

“Vamos ganhar certamente eficiência nos nossos transportes colectivos, na aproximação à estação e este será mais um motivo para as pessoas optarem pelos TCB na cidade”, mostrando “que estamos cada vez mais móveis e que vamos continuar a investir no aumento de qualidade nas nossas vias”, acrescentou.

- PUB -

A preocupação nos diversos processos de intervenção no espaço público, tem permitido à edilidade direccionar soluções para a resolução de problemas identificados, quanto “à circulação e segurança rodoviária e para o favorecimento da dotação de maior fluidez” dos TCB.

O desempenho da mobilidade urbana e da rede rodoviária, acrescente-se, está directamente ligado ao funcionamento das intersecções rodoviárias, dado que são nestes espaços que se registam “situações de incapacidade de dar resposta à procura e onde mais se fazem sentir os conflitos de interesse entre veículos motorizados, peões e ciclistas e, subsequentemente, ocorrem a maioria dos acidentes com vítimas”.

“Estamos a dar eficiência aos TCB e à população”

Rui Braga mostrou-se visivelmente contente com o acordo conseguido junto do proprietário de parte dos terrenos, dado que sem este “não poderíamos pensar na rotunda [e] iremos o mais rápido possível para o terreno para terminarmos a obra”, assegurou.

À parte dos ganhos ambientais, o vice-presidente destaca que “estamos a dar eficiência aos nossos transportes colectivos e isso é muito importante, não só para a qualidade de vida de quem entra e sai da cidade, mas de que vale a pena utilizar os transportes, porque estamos cada vez mais eficientes na aproximação ao nosso grande eixo, que é a estação dos barcos”.

Segundo o responsável, “temos que aumentar os nossos passageiros e estimular a compra do passe metropolitano para que consigamos atingir as metas ambientais que todos ambicionamos”, realçou.

O acordo para a reformulação do nó rodoviário, prevê a integração em domínio público da parcela necessária para a execução da obra, cabendo à câmara a demolição da vedação e da estrutura edificada devoluta ali existente, assim como a reposição da vedação da propriedade.

Saliente-se que este processo é idêntico à construção da rotunda na zona da Avenida da Escola dos Fuzileiros Navais, com a Rua Capitães de Abril e a Rua Humberto Delgado, na freguesia de Santo André.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Carreiras da Carris Metropolitana iniciam novos circuitos a partir desta sexta-feira em Palmela, Setúbal, Alcochete, Moita e Montijo

Álvaro Amaro diz que a operadora vai agora cumprir os percursos que ainda não estão a ser efectuados

Programa Festas Populares São Pedro Montijo 2022

Consulte o programa na íntegra das Festas Populares de São Pedro, que arrancam na terça-feira (28 de Junho)
- PUB -