17 Outubro 2021, Domingo
- PUB -
Início Local Barreiro Construção de emissário de águas residuais no Barreiro avança a bom ritmo

Construção de emissário de águas residuais no Barreiro avança a bom ritmo

SIMARSUL investe 580 mil euros na empreitada de ligação do sistema de Cárcamo Lobo ao Lavradio

 

- PUB -

Com um prazo de execução de 270 dias e um custo global de 580 mil euros, as obras de construção do emissário de águas residuais de Cárcamo Lobo, na Avenida das Nacionalizações, no Barreiro, estão a avançar “a bom ritmo”, anunciou a SIMARSUL, entidade responsável pelo investimento.

Os trabalhos – adjudicados à empresa Camacho Engenharia S.A. – visam a execução da “ligação gravítica do Sistema de Cárcamo Lobo à Estação Elevatória do Lavradio, em alta”, lembra a SIMARSUL, que assegura a gestão e exploração do sistema multimunicipal de saneamento de águas residuais da Península de Setúbal. A construção desta ligação vem, assim, dispensar a necessidade de execução de uma estação elevatória e permitir “eliminar afluências indevidas à ETAR do Barreiro/Moita, designadamente de águas das marés, com elevada condutividade, que condicionam o seu processo de tratamento”, explica a SIMARSUL.

“O sistema elevatório de Cárcamo Lobo integra-se no Subsistema de Saneamento do Barreiro/Moita, no concelho do Barreiro. Esta infra-estrutura vai servir uma população estimada de 10 mil habitantes equivalentes, para um caudal médio de 1.800 m³/dia e reforçar o compromisso da melhoria contínua da qualidade do serviço essencial de tratamento de águas residuais na região, e contribuir para a defesa da saúde pública e a preservação do meio ambiente”, faz ainda notar a empresa que tem como accionistas a Águas de Portugal (AdP) e os municípios de Alcochete, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela, Seixal, Sesimbra e Setúbal.

- PUB -

A obra agora em curso é mais uma das que estão integradas no plano de investimentos que a SIMARSUL tem a decorrer “para reabilitação de equipamentos e de infra-estruturas de saneamento”. Até 2026, a SIMARSUL tem previsto investir no seu sistema multimunicipal “cerca de 32,4 milhões de euros em empreitadas”, no âmbito do referido plano definido para o primeiro e segundo quinquénio 2017-2026, salienta a empresa, a concluir.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Geringonça dá Assembleia Municipal do Montijo ao PSD

Apesar de vencer nas autárquicas, PS vai perder presidência no órgão. CDU tem compromisso com os social-democratas. Se não houver recuo, Ana Dias Neves...

Construção de duas novas fábricas da Repsol é maior investimento dos últimos dez anos no país

Empresa quer tornar Complexo de Sines num dos mais avançados e competitivos da Europa

Fernando Negrão acusa administração do Centro Hospitalar de “incompetência” e defende demissão

Vereador social-democrata afirma que membros do órgão de gestão “estão cegos” e pede a sua substituição “por gente competente”   Fernando Negrão, vereador da Câmara Municipal...
- PUB -