17 Outubro 2021, Domingo
- PUB -
Início Local Barreiro Hospital Barreiro-Montijo reforça número de médicos e assinala Dia da Música com...

Hospital Barreiro-Montijo reforça número de médicos e assinala Dia da Música com mostra sobre o fado

Novos elementos vão integrar equipa formada por total de 190 profissionais

 

- PUB -

O Centro Hospital Barreiro Montijo (CHBM) decidiu este ano celebrar o Dia da Música, assinalado na última sexta-feira, com a realização de uma exposição do Museu do Fado que está patente até ao próximo dia 20, na entrada principal do Hospital de Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro. Paralelamente e com o objectivo de melhorar a prestação dos cuidados de saúde aos utentes, o equipamento de saúde anunciou recentemente o reforço da equipa médica da instituição, através da contratação de nove novos profissionais.

Na mesma data, durante a manhã, o conselho de administração deu formalmente as boas vindas aos novos médicos, desejando-lhes “o maior sucesso nesta nova etapa”. Os profissionais de saúde, revelou, vão reforçar a actividade assistencial do serviço onde desenvolvem a partir de agora o seu trabalho, em todas as áreas de actuação, integrando a equipa constituída por 190 médicos especialistas existentes neste Centro Hospitalar.

A contratação, acrescenta a instituição, decorreu de um procedimento concursal e veio reforçar as especialidades de Anestesiologia, Ginecologia-Obstetrícia, Ortopedia, Patologia Clínica, Pediatria, Psiquiatria e Urologia, com um médico em cada um destes serviços e mais dois profissionais na área da Medicina Interna.

- PUB -

Relativamente à exposição, composta por duas dezenas de cartazes, conta a história do fado ao longo dos anos, desde a integração deste género musical genuinamente português no teatro de revista e no cinema, passando pela sua divulgação, quer na rádio como na televisão. Entre outras temáticas, a mostra retrata os primeiros registos discográficos, bem como o aparecimento das Casas de Fado e a internacionalização que a melodia nacional atingiu, principalmente, pelas vozes de Amália Rodrigues e Carlos do Carmo.

Recorde-se que em 2011, o fado foi declarado pela UNESCO como Património Cultural Imaterial da Humanidade, tendo sido a primeira expressão artística a ser eleita neste âmbito pela organização internacional, que distinguiu o fado “enquanto tradição e expressão da identidade da cultura de Portugal”. Já o Museu do Fado abriu portas em Setembro de 1998. Inteiramente consagrado ao universo do fado e da guitarra portuguesa, além de variadas exposições, o espaço dispõe ainda de um Centro de Documentação, um auditório com programação regular de eventos e uma escola com cursos de guitarra portuguesa e canto.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Geringonça dá Assembleia Municipal do Montijo ao PSD

Apesar de vencer nas autárquicas, PS vai perder presidência no órgão. CDU tem compromisso com os social-democratas. Se não houver recuo, Ana Dias Neves...

Construção de duas novas fábricas da Repsol é maior investimento dos últimos dez anos no país

Empresa quer tornar Complexo de Sines num dos mais avançados e competitivos da Europa

Fernando Negrão acusa administração do Centro Hospitalar de “incompetência” e defende demissão

Vereador social-democrata afirma que membros do órgão de gestão “estão cegos” e pede a sua substituição “por gente competente”   Fernando Negrão, vereador da Câmara Municipal...
- PUB -