24 Maio 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalBarreiroCarlos Humberto defende aproveitamento criativo da actividade ferroviária no Barreiro

Carlos Humberto defende aproveitamento criativo da actividade ferroviária no Barreiro

Candidato considera que utilização integral dos antigos territórios da CUF é essencial

 

- PUB -

A CDU do Barreiro divulgou na última sexta-feira a sua lista de candidatos àquela Câmara nas próximas eleições autárquicas, durante uma iniciativa que reuniu junto à sede de campanha “Porta Aberta”, no largo 1.º de Maio, diversos apoiantes e militantes.

Além do candidato à presidência do município, Carlos Humberto e José Luís Ferreira, à Assembleia Municipal, esteve presente a mandatária da campanha, Regina Janeiro.

No decorrer da sua intervenção, o ex-presidente comunista falou sobre a necessidade de “propor e reivindicar investimentos estruturantes” para a região e o Barreiro em particular, tais “como a Terceira Travessia do Tejo, a construção do novo aeroporto de Lisboa, que, como vários estudos apontam, se deve localizar no Campo de Tiro de Alcochete”, sublinha.

- PUB -

O “aproveitamento integral dos antigos territórios CUF/Quimigal” foi outra das questões abordadas pelo candidato da CDU, tendo apontado “a actividade económica, tecnológica, logística, portuária e patrimonial”, como as “melhores soluções” a adoptar naquela zona do território.

Carlos Humberto de Carvalho aposta ainda no desenvolvimento criativo do actividade ferroviária no concelho e, entre outros, na construção da necessária ligação rodoviária entre o município e o Seixal.

“A nossa estratégia para a década até 2030 e o compromisso para o mandato 2021/2025 estão a ser construídos com diversas opiniões de pessoas que apoiam a CDU, de pessoas de vários quadrantes e de muitas diferentes opiniões”, sublinhou o candidato, acrescentando que “realizámos cerca de uma centena de conversas, reuniões e pequenos debates […], continuando a reunir com entidades, personalidades e cidadãos”, disse.

- PUB -

“Estamos numa fase final de discussão e conclusão destes documentos”, revelou. Na mesma altura, Carlos Humberto disse pretender “apresentar documentos estruturados, articulados, pensados sobre o desenvolvimento do concelho” e que a equipa de candidatos apresentada rejeitou “cair nas soluções avulsas e pontuais, nas rodas gigantes, nas piscinas de ondas ou na venda de gato por lebre”, criticou, referindo-se às opções tomadas pelo actual executivo socialista.

“Esse não é o nosso papel”, que “deixaremos […] para outros”, frisou. Apresentada ao ar livre, junto ao Parque Catarina Eufémia, a lista é composta por 18 candidatos com “diversificadas proveniências profissionais, sociais e com experiências cívicas significativa”, informa a coordenadora local da CDU.

Integra nove mulheres e o mesmo número de homens, bem como outras pessoas sem filiação partidária e membros do Partido Comunista Português.

O candidato da CDU afirma ainda que “somos gente empenhada, combativa, interventiva” e “profundos conhecedores do concelho e de cada uma das suas freguesias, gente de trabalho, honesta, gente de confiança”, realçou, classificando a equipa como “profundamente renovada, proactiva, jovem”, conclui.

Listas Coligação formalizou candidatura no Tribunal da Moita

Entretanto, a CDU procedeu recentemente à entrega da candidatura às autárquicas no Tribunal da Moita, com as listas para a Câmara, Assembleia Municipal e freguesias a reunirem um total de 178 pessoas, que a coligação considera estarem “empenhadas no progresso e desenvolvimento do concelho”.

Para os comunistas, “são 89 mulheres e 89 homens, vindos de quadrantes muito diferentes, mas que têm um grande denominador comum: uma vontade imensa de trabalhar pela sua terra”, salienta.

As listas são compostas por 118 militantes do PCP, 52 independentes e oito militantes do PEV – Partido Ecologista “Os Verdes”.

“Aos 178 candidatos, somas e centenas de activistas, milhares de apoiantes, homens e mulheres que, não sendo candidatos, dão as suas forças, as suas capacidades e energias por um Barreiro melhor”, acrescenta a coligação.

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva
- PUB -