28 Setembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalBarreiroColectividades do Barreiro comemoraram Abril com Marcha da Liberdade

Colectividades do Barreiro comemoraram Abril com Marcha da Liberdade

A Sociedade Democrática União Barreirense “Os Franceses” foi uma das colectividades e associações do concelho do Barreiro que integraram, na noite do passado sábado, a Marcha da Liberdade, entre a zona dos Paços do Concelho e a Avenida Alfredo da Silva até ao largo junto ao Parque Catarina Eufémia. A iniciativa serviu para assinalar a passagem do 47.º aniversário da Revolução dos Cravos.

- PUB -

A acção, que teve por objectivo comemorar Abril e o papel do movimento associativo no período pré-revolução, os participantes foram desafiados a cumprir a Constituição da República Portuguesa, entoando a frase “25 de Abril Sempre! Fascismo Nunca Mais!”, numa manifestação popular que cumpriu todas as orientações da Direcção-Geral da Saúde, relativas ao actual contexto de pandemia.

Marcha da Liberdade percorreu parte da Rua Miguel Bombarta e da Avenida Alfredo da Silva

Chegados ao ponto final do desfile, junto ao Mercado 1.º de Maio, os participantes recordaram que “antes do 25 de Abril de 1974, já as colectividades praticavam o direito de livre associação, de reunião, de expressão e de opinião”, de tal modo que “o exercício e a prática da democracia e da liberdade eram já uma realidade na sua vida interna”.

Os dirigentes associativos, sócios e voluntários sublinharam que “desenvolvem um relevante trabalho de dedicação e valor incalculável, na construção de uma sociedade menos desigual” e “mais democrática, levando cultura, desporto e recreio às suas comunidades”.

- PUB -

Em vésperas das comemorações oficiais, juntos, os participantes recordaram valores como a solidariedade, igualdade e a fraternidade, além do sacrifício e do serviço público praticado nestes espaços, a par da importância das palavras Democracia, Participação, Pontes, Diálogo, Colaboração, União, Trabalho em Rede, Amizade e Amor – “sempre presentes em tudo o que fazemos”, assinalaram.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes
- PUB -