27 Janeiro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalBarreiroAssembleia Municipal rejeita proposta do PAN para criação de cheque-veterinário

Assembleia Municipal rejeita proposta do PAN para criação de cheque-veterinário

A proposta apresentada na última Assembleia Municipal do Barreiro pelo partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN), que visava a implementação do programa “Cheque Veterinário” neste concelho, acabou por ser rejeitada pelo PS, CDU e MCI/Coina, que votaram contra a “medida destinada ao bem-estar animal” e que, seria também “um apoio social às famílias mais carenciadas”, para que estas pudessem proporcionar os cuidados veterinários necessários aos seus animais de companhia, devido à falta de capacidades financeiras para o fazer.

- PUB -

De acordo com o PAN, através da atribuição destes cheques veterinários, emitidos pela autarquia e pelos responsáveis por animais em risco, a sua utilização poderia ser feita em clínicas aderentes a esta rede, “mediante um protocolo a celebrar entre o município e a Ordem dos Médicos Veterinários”.

“Num momento da nossa vida em sociedade, em que tanto se apregoa a necessidade de apoiar famílias, esta foi a resposta que os eleitos” das referidas forças políticas “deram às pessoas com menos capacidade económica, que tendo por companhia animais domésticos, querem e precisam, mas efectivamente não conseguem, que os mesmos sejam alvo dos merecidos cuidados médicos”, criticam.

O PAN garante que não vai desistir e que pretende continuar “a lutar pela mudança de mentalidades”, afirma.

Comentários

- PUB -

Mais populares

D. José Ornelas deixa de ser Bispo de Setúbal

O SETUBALENSE sabe que o Prelado vai substituir D. António Marto na Diocese de Leiria-Fátima

Autocarro consumido pelas chamas no centro de Setúbal [corrigida]

Viatura dos TST circulava perto do Comando da PSP. Passageiros e motorista saíram ilesos

Moradores do condomínio da Quinta da Trindade queixam-se de ruído vindo de estaleiro naval

A decapagem do casco de navios está a tirar o sossego a quem reside nas proximidades do estaleiro. Empresa diz que está a mitigar incómodo
- PUB -