20 Janeiro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalBarreiroRefeições garantidas para alunos dos escalões A e B em regime de...

Refeições garantidas para alunos dos escalões A e B em regime de ‘take-away’

Os estabelecimentos de pré-escolar e 1º ciclo da rede pública, no Barreiro, continuam a manter-se abertos todos os dias úteis, entre as 12 e as 13h00, para a entrega de refeições, em regime de ‘takeaway’, aos alunos dos escalões A e B, sem quaisquer encargos para as respectivas famílias.

- PUB -

Para poderem usufruir deste apoio, segundo a autarquia local, os encarregados de educação terão de contactar o agrupamento ou escola que o aluno frequenta, manifestando o seu interesse em beneficiar deste serviço de Acção Social Escolar (ASE).

De acordo com Sara Ferreira, vereadora responsável pela Educação e Intervenção Social da Câmara do Barreiro, apesar desta interrupção inesperada das aulas, “nenhuma criança com ASE a frequentar as escolas da responsabilidade do município deixará de ter acesso às refeições normalmente disponíveis”.

A autarquia barreirense acrescenta que este é um apoio financiado pela câmara, em conjunto com o Ministério da Educação. Recorde-se que esta necessidade surgiu na sequência do decreto de 22 de Janeiro, que conduziu à suspensão das actividades lectivas e não lectivas desde aquela data, que garante “o fornecimento de apoio alimentar a alunos beneficiários de ASE”.

Comentários

- PUB -
- PUB -
- PUB -

Mais populares

Vereador diz que cães vadios fogem com crânios na boca e acusa PS de tratar mal os vivos e pior os mortos

João Afonso volta a criticar serviço nos cemitérios. Autarca do PSD denuncia ossadas lavadas em tanques da roupa e colocadas em caixas de fruta a secar. Nuno Canta diz que é fantasia

Pinhalnovense não tem jogadores para ir a jogo no próximo domingo

No Campeonato de Portugal a situação está muito complicada para os clubes da região porque o Barreirense está numa posição delicada na tabela classificativa...

Casal assaltou 13 casas num mês na Moita

Um casal assaltou 13 casas na Moita no espaço de um mês. Ele assaltava e ela vendia os bens. Conseguiram 29 mil euros. Os assaltos...
- PUB -