23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
André Pinotes Batista candidata-se à distrital do PS e revela prioridades de acção

André Pinotes Batista candidata-se à distrital do PS e revela prioridades de acção

André Pinotes Batista candidata-se à distrital do PS e revela prioridades de acção

Eleições previstas para a segunda quinzena de Setembro. Socialista quer investir na promoção de Estados Gerais

 

Aprofundar a proximidade ao tecido empresarial e associativo da região e promover Estados Gerais, sobretudo digitais, são dois dos eixos programáticos da candidatura de André Pinotes Batista à presidência da Federação Distrital de Setúbal do PS. O socialista, que em Janeiro último foi eleito membro da direcção nacional do partido e que acumula as funções de deputado parlamentar e presidente da Assembleia Municipal do Barreiro, anunciou publicamente na passada quarta-feira, no Facebook, que irá a votos pela liderança da estrutura distrital, depois de na véspera ter comunicado a decisão em reunião do órgão.

- PUB -

O anúncio vem assim confirmar a notícia avançada em primeira mão por O SETUBALENSE em 27 de Setembro passado. Ainda sem data definida, as eleições para a distrital estão previstas realizar-se na segunda quinzena de Setembro próximo – após as eleições para as estruturas concelhias, que deverão ter lugar no início do segundo semestre.

Em declarações a O SETUBALENSE, Pinotes Batista revela alguns dos eixos da estratégia de acção que vai apresentar e que engloba a elaboração de um diagnóstico ao território, a executar por nomes de peso ligados às áreas económica e social, “porque o distrito de Setúbal é importantíssimo na afirmação do País”, lembra.

“O programa vai ter uma parte de um diagnóstico económico e social do distrito. E também uma parte organizativa, que tem a ver com os seguintes pontos: maior proximidade ao tecido empresarial e associativo; manter a proximidade de acção dos autarcas e dos deputados; diálogo entre gerações; e – algo em que vou investir muito – a promoção de Estados Gerais Digitais [em todos os concelhos], alguns presenciais, para detectar pessoas que se identifiquem com o ideário do PS e possam no futuro ser mais-valias, para se ter quadros diferentes e refrescar a estrutura”, indica. Estados Gerais “diferentes dos de Guterres”, frisa, e com o objectivo, detalha, de “identificar pessoas com perfil de autarca, com perfil técnico, com perfil de parlamentar, entre várias outras áreas”.

- PUB -

O socialista diz recolher “apoio vastíssimo entre presidentes de câmara, presidentes de concelhia, presidentes de junta e ex-membros do Governo”, mas garante não fazer questão de a sua candidatura poder vir a ser a única a ir a votos. “Não sei se será única. Sei que não vou negociar listas únicas, porque a minha convicção é que a democracia funciona bem como tiver de funcionar. Se alguém quiser apresentar um projecto diferente do meu, apresente”, adianta.

Em Janeiro passado, Eurídice Pereira assumiu a presidência da federação, até então sob a alçada de António Mendonça Mendes que estava no seu último mandato e que, tal como Pinotes Batista, foi eleito para a direcção nacional do partido liderado por Pedro Nuno Santos. Se vier a ser eleito presidente da distrital de Setúbal, Pinotes Batista verá automaticamente suspenso o mandato de membro da direcção nacional do PS.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -