23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Munícipes de Almada escolhem que espaços públicos do seu bairro serão requalificados

Munícipes de Almada escolhem que espaços públicos do seu bairro serão requalificados

Munícipes de Almada escolhem que espaços públicos do seu bairro serão requalificados

Iniciativa quer promover mobilidade activa, acessibilidade, aumento de segurança e conforto urbano, sustentabilidade, entre outras valências

 

O programa “O Meu Bairro”, que visa promover a requalificação urbana e paisagística com a participação da comunidade, no concelho de Almada, começa na quarta-feira com a primeira de cinco sessões.

- PUB -

Em comunicado, a autarquia indicou que a iniciativa tem como objectivo também impulsionar a mobilidade activa, a acessibilidade, o aumento de segurança e conforto urbano, a sustentabilidade, o acesso à arte pública e a redução das desigualdades na utilização do espaço público.

Desenvolvida em conjunto com as uniões de freguesia e a freguesia da Costa da Caparica, a acção conta também com a participação de organismos municipais e da comunidade local.

O programa começou com a identificação preliminar de dez espaços públicos, dois por cada união de freguesias/freguesia, seguindo-se agora cinco sessões participativas, uma por cada área.

- PUB -

A autarquia explica que nestes encontros vai ser possível fazer sugestões que possam valorizar estes espaços ou propor espaços novos para futuras edições do programa, onde todos são convidados a participar.

Dos dois espaços previamente identificados, será escolhido um local para intervencionar através de votação no ‘site’ do programa entre 6 e 21 de Abril, dando oportunidade aos munícipes de seleccionarem os cinco espaços que serão alvo de intervenção.

Depois de seleccionados os cinco locais, serão apresentadas ao público as propostas de intervenção onde a comunidade poderá partilhar as suas ideias e opiniões, contribuindo para a fase de realização do projecto de (re)qualificação de espaço público, seguindo-se o projecto de execução, o processo de lançamento da empreitada e a execução da obra.

- PUB -

A primeira sessão decorre na quarta-feira na Biblioteca Municipal Maria Lamas, no Monte da Caparica, com o debate sobre o Largo da Torre (ou Largo Bulhão Pato), no Monte de Caparica, e o Largo Manuel de Arriaga, na Trafaria.

Em 20 de Março decorre a segunda sessão na sede da União de Freguesias de Almada, Cova da Piedade, Pragal e Cacilhas, estando em discussão os espaços públicos pré-seleccionados: Rua Eduardo Tavares, na Cova da Piedade, e Rua Quinta da Horta/Rua Marquesa da Alorna, no Pragal.

A terceira sessão está marcada para 22 de Março na União de Freguesias de Charneca de Caparica e Sobreda, com o debate a decorrer no auditório António Rodrigues Anastácio, na Charneca de Caparica. Em discussão vão estar os espaços públicos Rua Abel Salazar/Rua Rafael Bordalo Pinheiro, na Charneca da Caparica, e Rua Vitor Péon, na Sobreda.

A 1 de Abril, a iniciativa estará no Auditório Costa da Caparica, estando em debate a intervenção na Rua Mestre Salvador Catita e Rua Mestre Adrião; Igreja de N. S.ª da Conceição, Av. 1.º Maio, na Costa da Caparica.

A última sessão está marcada para 5 de Abril nas instalações da União de Freguesias de Laranjeiro e Feijó, com o debate a centrar-se sobre os espaços públicos na Praceta Bento Jesus Caraça, no Laranjeiro, e na Praceta Oliveira Martins, no Feijó.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -