6 Outubro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalAlmada36º Festival de Folclore no palco principal das festas de Corroios

36º Festival de Folclore no palco principal das festas de Corroios

Organização do Rancho de Danças e Cantares de Vale de Milhaços são animação musical de hoje

 

- PUB -

Depois da abertura com Stereossauro, ao segundo dia das Festas de Corroios, o palco principal – Palco Carlos Paredes – é ocupado por uma vertente mais popular, com a apresentação do 36º Festival de Folclore.

O Festival, é uma organização do Rancho de Danças e Cantares de Vale de Milhaços, grupo fundado em 1984, com o objectivo de ocupação de tempos livres dos jovens locais. Dada a inexistência de tradições folclóricas no concelho do Seixal, a mentora do grupo – Maria Rosa Soares – inspirar-se-ia no universo de todas as regiões de Portugal, ao nível das cores, dos passos e dos movimentos. Também o guarda-roupa do grupo resultou de um trabalho de pesquisa da sua mentora, incidindo no início do século XX.

O objectivo do festival aponta para a apresentação dos trajes, da cultura e das tradições de cada região de origem dos grupos.

- PUB -

O Rancho Folclórico e Etnográfico “As Capuchinhas de S. Silvestre”, oriundo de Vasconha, Vouzela, o Grupo Folclórico e Humanitário do Concelho de Sesimbra, o Grupo de Danças e Cantares de Vila de Canas, Milharado, Mafra e o Rancho Folclórico da Casa do Povo de Corroios, para além do grupo organizador, farão uma viagem ao universo das festas e romarias, das danças e dos cantares que povoam as memórias de várias gerações, na sua vertente mais popular e carismática.

Opinião Musical

Comentários

- PUB -

Mais populares

Primeira pedra de construção de empreendimento à beira-rio lançada no município do Barreiro

Novo espaço habitacional pretende atrair famílias locais e jovens a um preço razoável   O lançamento da primeira pedra de construção do novo empreendimento que vai nascer...

Acidente de trabalho com um reboque faz um morto e um ferido

Vitimas estavam a trabalhar debaixo da estrutura que lhes caiu em cima

Polícia Judiciária detém homem em Setúbal suspeito de dezenas de crimes de pedofilia

Suspeito aproveitou-se do facto de coabitar com a jovem de 17 anos para a sujeitar a abusos sexuais, que terão tido início quando a vítima tinha 12 anos
- PUB -