27 Janeiro 2023, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalAlmadaDetido jovem suspeito que tentou matar duas pessoas em feira popular

Detido jovem suspeito que tentou matar duas pessoas em feira popular

Caso ocorreu na Costa da Caparica a 20 de Julho. O jovem foi agora detido, quando tentava repetir o sucedido.

 

- PUB -

A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal deteve um jovem de 19 anos, que tentou matar dois rivais a tiro, com quem se desentendeu, numa feira popular na Costa da Caparica, a 20 de Julho. Nessa noite, o rapaz atirou contra dois homens, de 21 e 23 anos, junto à lota de pesca.

As vítimas, momentos antes do sucedido, afastaram o suspeito da feira popular por este ter exibido uma arma. O rapaz de 19 anos saiu da feira proferindo ameaças a ambos. Já fora do recinto, o suspeito “intercetou as viaturas nas quais as vítimas se faziam transportar e, de seguida, atingiu, a tiro, uma dessas mesmas vítimas numa coxa e tentou atingir a outra na cabeça”, diz a PJ, em comunicado, esta terça-feira.

Dias depois, na mesma feira popular da Costa da Caparica, na sequência de uma discussão nos carrinhos de choque, o suspeito voltou a exibir a arma. No entanto, esta foi-lhe retirada e entregue à GNR.

- PUB -

Inconformado, o suspeito quis vingar-se de quem lhe tinha retirado a arma e encontrou a vítima na via pública, acompanhada de alguns amigos. Após ameaças, o agressor envolveu-se em confrontos físicos com os presentes, tendo sido detido pela PJ de Setúbal. Está indiciado por homicídio qualificado na forma tentada e um crime de posse de arma proibida e encontra-se agora em prisão preventiva.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Pai herói salva filha bebé de incêndio que destruiu habitação [actualizada]

Entrou em habitação em chamas e conseguiu resgatar a bebé. Sinistro destruiu o 1.º piso da habitação

Sexta-feliz chega ao concelho para dar “mais tempo” aos funcionários

PartYard decidiu dar as tardes de sexta-feira aos trabalhadores para melhorar o seu rendimento

Comando dos Bombeiros do Montijo repudia críticas sobre combate ao fogo de sexta-feira

Reacção surge na sequência de vídeos e comentários publicados nas redes sociais 
- PUB -