21 Janeiro 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalAlmadaInternamentos por covid-19 já começaram a aumentar em Almada e Barreiro

Internamentos por covid-19 já começaram a aumentar em Almada e Barreiro

No hospital de Setúbal registava-se, até sexta-feira, apenas três doentes em enfermaria

 

- PUB -

Os hospitais públicos de Almada e Barreiro tinham internados, até à última sexta-feira, 32 doentes com covid-19. As duas unidades registaram assim um aumento no número de internamentos ao longo da semana anterior. Em Setúbal há apenas o registo de três pacientes em enfermaria.

Segundo dados do gabinete de comunicação do Hospital Garcia de Orta (HGO), em Almada, a unidade tem 17 internados, mais 13 do que o verificado uma semana antes. Do total de doentes internados com covid-19, três estão em cuidados intensivos.

O hospital adiantou que não se verificam situações de sobrelotação em qualquer serviço de internamento, não existindo necessidade de reactivar a capacidade adicional, ainda que a taxa de ocupação esteja perto de 95%. Quanto ao seu plano de contingência, a unidade hospitalar explicou que está definido o módulo Outono/Inverno 2021-2022, o qual contempla medidas considerando os possíveis efeitos das vagas de frio sobre a saúde da população e também um possível recrudescimento da covid-19.

- PUB -

O plano de contingência tem três fases de alerta, em função da evolução epidemiológica e da necessária adaptação da reposta hospitalar à procura.
No Centro Hospitalar Barreiro Montijo, o número de internamentos triplicou na semana anterior, estando actualmente internados 15 doentes com covid-19, mais dez em relação à semana antecedente. De acordo com o gabinete de imprensa do hospital, este aumento de doentes determinou a necessidade de alargar a capacidade de internamento para infectados com covid-19 neste centro hospitalar, circunstância acolhida em sede de Plano de Contingência – Inverno 2021/2022.

Já no Hospital de São Bernardo, do Centro Hospitalar de Setúbal (CHS), há registo de três doentes internados e nenhum em cuidados intensivos. No pico da pandemia, em Janeiro e
Fevereiro deste ano, este hospital chegou a ter 200 internamentos diários.

Mais de 18 mil mortos registados desde início da pandemia

Em Portugal, desde Março de 2020, a covid-19 já provocou a morte de 18 mil e 295 pessoas e foram contabilizados 1 milhão 115 mil e 80 casos de infecção, segundo dados da Direcção-Geral da Saúde. No Mundo foram registadas pelo menos 5 milhões 122 mil e 682 vítimas mortais, entre os mais de 254,95 milhões casos de infecção apurados desde o início da pandemia, de acordo com o mais recente balanço da agência France-Presse.

- PUB -

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detectado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e actualmente com variantes identificadas em vários países.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Pinhalnovense não tem jogadores para ir a jogo no próximo domingo

No Campeonato de Portugal a situação está muito complicada para os clubes da região porque o Barreirense está numa posição delicada na tabela classificativa...

Pinhalnovense sem jogadores para jogar fez falta de comparência

A 12.ª jornada do Campeonato de Portugal ficou marcada pela falta de comparência do Pinhalnovense no jogo que deveria disputar em casa com o...

Vereador diz que cães vadios fogem com crânios na boca e acusa PS de tratar mal os vivos e pior os mortos

João Afonso volta a criticar serviço nos cemitérios. Autarca do PSD denuncia ossadas lavadas em tanques da roupa e colocadas em caixas de fruta a secar. Nuno Canta diz que é fantasia
- PUB -