3 Março 2024, Domingo
- PUB -
InícioLocalAlmadaForte da Trafaria vai receber Instituto de Artes e Tecnologias da Universidade...

Forte da Trafaria vai receber Instituto de Artes e Tecnologias da Universidade Nova

Para além da recuperação de património, a localidade ribeirinha vai ser referência do conhecimento académico

A Câmara de Almada vai celebrar um contrato de cedência do direito de superfície do imóvel municipal do Forte de Nossa Senhora da Saúde da Trafaria a favor da Universidade Nova de Lisboa, para instalação do Instituto de Artes e Tecnologias.
A proposta para este contrato, a ser efectuado através de escritura pública, foi aprovado, por unanimidade, na última reunião pública da Câmara, no passado dia 7.

- PUB -

O também conhecido por Forte da Trafaria, vai receber o novo Instituto de Artes e Tecnologias (IAT), o qual consiste numa unidade académica da Universidade Nova de Lisboa, dedicada à educação, formação, investigação e criação nas áreas de confluência das artes e tecnologia, operando assim como um agente de investigação, criação e divulgação universal das artes e das tecnologias.

Adianta a autarquia, que este novo espaço vai “proporcionar, sucessivamente, as condições para a oferta de cursos formais em todos os graus, para além de cursos pós-graduados, de formação, especialização ou outros de qualquer duração que melhor respondam às necessidades identificadas para a área de actividade e aos objectivos do IAT.

O Edifício das Celas que integra o Forte da Trafaria ficará na posse do município de Almada, onde simultaneamente “funcionará um Centro de Arte ligado aos temas que definem a sua história e um espaço de memória que permita ao público conhecer a história e vivências do edificado”.

- PUB -

Com o histórico edificado, frente ao Tejo, a necessitar de obras de recuperação, o investimento previsto a cargo da Universidade Nova de Lisboa para esta intervenção ultrapassa os 7 milhões e 600 mil euros, sendo que, como indicou a presidente da Câmara de Almada, Inês de Medeiros, “cerca de 2 milhões será para aquisição de equipamento base em tecnologia”.

O plano global de investimento deverá ser comparticipado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo em 40%, cabendo à Universidade Nova de Lisboa os restantes 60%.

Da parte da Câmara de Almada fica assumido o investimento na ligação de água e saneamento até aos edifícios.

- PUB -

“Este novo instituto, e a recuperação do Forte da Trafaria, são fundamentais para o desenvolvimento da Trafaria, e não só”, avalia Inês de Medeiros. Para além disso, dá mais força à localidade para “exigir mais equipamentos públicos”.
A unidade de conhecimento IAT vai funcionar com ligação a várias parcerias universitárias, e empresas, a nível internacional.

- PUB -

Mais populares

Homem encontrado morto em casa no centro de Setúbal [Actualizada]

Cadáver de José, de 66 anos, foi transportado para a morgue do Hospital de São Bernardo para realizar autópsia

PJ investiga cadáver encontrado no interior de uma viatura em Setúbal

Populares alertaram as autoridades pelas 22h30. Homem, de 57 anos, terá morrido por causas naturais

Pedro Catarino já é goleador-mor dos sadinos na 1.ª Divisão da AF Setúbal

Com cinco golos no Vitória B, avançado do plantel principal volta a ser decisivo
- PUB -