3 Outubro 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalAlcocheteFernando Pinto promete governar Alcochete com “visão e tradição” dando prioridade às...

Fernando Pinto promete governar Alcochete com “visão e tradição” dando prioridade às pessoas e associativismo

Socialista afirma “diálogo assertivo e reivindicativo junto do Governo” e “centralidade na AML e Península”

 

- PUB -

Com “as pessoas” e “o associativismo” no centro das suas prioridades, Fernando Pinto (PS) assume querer governar o concelho de Alcochete nos próximos quatro anos “com visão e tradição”, ao mesmo tempo que vai “privilegiar um diálogo assertivo e reivindicativo, quer junto do Governo, quer assumindo a centralidade que importa na Área Metropolitana de Lisboa [AML] e na Península de Setúbal”.

“Queremos afirmar a marca Alcochete”, assegurou o reeleito presidente da autarquia na passada segunda-feira, frente aos Paços do Concelho, na instalação dos novos órgãos autárquicos, sempre “lado a lado com as pessoas, a suprir fragilidades, a colmatar carências e a resolver problemas”.

Nesse sentido, garantiu que o executivo socialista vai apostar em “mais investimento, mais emprego, melhor educação, habitação condigna e a preços acessíveis para todos”, assim como em criar “mais e melhor coesão social e uma cultura inclusiva e cosmopolita, que abra horizontes, mas que jamais esqueça as raízes e a gente [de Alcochete]”.

- PUB -

Ao nível dos transportes, perante dezenas de munícipes, o presidente empossado admitiu também estar em cima da mesa uma “melhor rede viária e maior número de estacionamentos nos centros urbanos”. Falou ainda em “mais e melhor limpeza urbana, melhor ambiente, mais verde, ecológico e propenso à defesa dos recursos naturais”.

No entanto, para alcançar os objectivos traçados, expressou ser necessário “um verdadeiro trabalho em equipa e proximidade, que inclui naturalmente todos os restantes membros do executivo”.

“Contamos naturalmente com todos os eleitos, da Assembleia Municipal e de cada uma das juntas de freguesia para, em conjunto, e de mãos dadas, atribuirmos o nosso melhor pelo desenvolvimento do concelho”, manifestou.

- PUB -

Mandato assumido lado a lado com comerciantes e empresários

Sobre o mandato passado, no qual presidiu a Câmara Municipal com maioria relativa, afirmou: “Nunca nos acomodámos, nunca baixámos os braços, nunca desistimos perante as adversidades com que nos deparámos”.

Para o quadriénio 2021-2025, com o PS a vencer por maioria absoluta, ao conseguir a maior votação de sempre registada por um partido no concelho, garantiu “assumir o mandato com determinação, rigor e transparência”, acompanhado de “uma equipa extraordinária, competente e determinada”.

Também com “funcionários [da Câmara] dedicados e empenhados” do seu lado, Fernando Pinto explicou ser igualmente importante “contar com os comerciantes e empresários para, em conjunto, encontrar os melhores caminhos, no sentido de retomar a economia neste período” de regresso à normalidade.

Da sua parte, assegurou ser sempre honesto “para ter a lucidez, a integridade e a humildade necessárias para governar com maior justiça, maior solidariedade e, sobretudo, dignidade nos pensamentos e acções”.

Antes, fez questão de saudar “toda a população do município, que de forma livre e democrática, deu uma autêntica lição de civismo e maturidade política no acto eleitoral do passado dia 26 de Setembro”.

Na sua intervenção expressou igualmente “uma palavra de apreço a todos os autarcas que cessaram funções, particularmente ao vereador Vasco Pinto [CDS-PP/PSD]”, tendo a certeza de que “deram o seu melhor nas suas competências e representações”.

Agora, no mandato que inicia, o socialista visiona contruir “um futuro mais auspicioso, mais sustentável e mais equilibrado com todos”. “Porque apenas e só com todos conseguiremos projectar o nome da nossa terra mais alto, dignificando os nossos antepassados e construindo no presente o futuro que todos ambicionamos para esta magnífica pérola do Tejo”, sublinhou, a concluir.

Nos próximos quatro anos, com o PS a eleger cinco vereadores, Fernando Pinto governará os destinos alcochetanos acompanhado de Maria de Fátima Soares, Pedro Lavrado, Ana Sofia Maduro e Dário Moura. Na oposição, por sua vez, vão estar sentados os comunistas Luís Franco e Natacha Patinha.

Reeleição Mário Catalão Boieiro novamente presidente da Assembleia Municipal

Também na passada segunda-feira foi eleita a Mesa da Assembleia Municipal, com Mário Catalão Boieiro a assumir novamente o lugar, ao ser escolhido com cinco abstenções e 19 votos a favor.

Igualmente empossados foram Carlos Correia como 1.º secretário e Teresa Condelipes 2.º secretária, sendo que dos 24 membros que compõem o órgão – incluindo os presidentes socialistas das juntas de freguesia de Alcochete, Samouco e São Francisco -, 12 são do PS, cinco da CDU, dois do CDS-PP, um do PSD e um do CHEGA.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Alsa Todi não verá mais um cêntimo de Palmela se não cumprir o contrato

Município está indisponível para continuar a financiar o sistema e reclama à TML a aplicação de penalidades à operadora

Acidente de trabalho com um reboque faz um morto e um ferido

Vitimas estavam a trabalhar debaixo da estrutura que lhes caiu em cima
- PUB -