2 Dezembro 2021, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalAlcocheteFernando Pinto promete governar Alcochete com “visão e tradição” dando prioridade às...

Fernando Pinto promete governar Alcochete com “visão e tradição” dando prioridade às pessoas e associativismo

Socialista afirma “diálogo assertivo e reivindicativo junto do Governo” e “centralidade na AML e Península”

 

- PUB -

Com “as pessoas” e “o associativismo” no centro das suas prioridades, Fernando Pinto (PS) assume querer governar o concelho de Alcochete nos próximos quatro anos “com visão e tradição”, ao mesmo tempo que vai “privilegiar um diálogo assertivo e reivindicativo, quer junto do Governo, quer assumindo a centralidade que importa na Área Metropolitana de Lisboa [AML] e na Península de Setúbal”.

“Queremos afirmar a marca Alcochete”, assegurou o reeleito presidente da autarquia na passada segunda-feira, frente aos Paços do Concelho, na instalação dos novos órgãos autárquicos, sempre “lado a lado com as pessoas, a suprir fragilidades, a colmatar carências e a resolver problemas”.

Nesse sentido, garantiu que o executivo socialista vai apostar em “mais investimento, mais emprego, melhor educação, habitação condigna e a preços acessíveis para todos”, assim como em criar “mais e melhor coesão social e uma cultura inclusiva e cosmopolita, que abra horizontes, mas que jamais esqueça as raízes e a gente [de Alcochete]”.

- PUB -

Ao nível dos transportes, perante dezenas de munícipes, o presidente empossado admitiu também estar em cima da mesa uma “melhor rede viária e maior número de estacionamentos nos centros urbanos”. Falou ainda em “mais e melhor limpeza urbana, melhor ambiente, mais verde, ecológico e propenso à defesa dos recursos naturais”.

No entanto, para alcançar os objectivos traçados, expressou ser necessário “um verdadeiro trabalho em equipa e proximidade, que inclui naturalmente todos os restantes membros do executivo”.

“Contamos naturalmente com todos os eleitos, da Assembleia Municipal e de cada uma das juntas de freguesia para, em conjunto, e de mãos dadas, atribuirmos o nosso melhor pelo desenvolvimento do concelho”, manifestou.

- PUB -

Mandato assumido lado a lado com comerciantes e empresários

Sobre o mandato passado, no qual presidiu a Câmara Municipal com maioria relativa, afirmou: “Nunca nos acomodámos, nunca baixámos os braços, nunca desistimos perante as adversidades com que nos deparámos”.

Para o quadriénio 2021-2025, com o PS a vencer por maioria absoluta, ao conseguir a maior votação de sempre registada por um partido no concelho, garantiu “assumir o mandato com determinação, rigor e transparência”, acompanhado de “uma equipa extraordinária, competente e determinada”.

Também com “funcionários [da Câmara] dedicados e empenhados” do seu lado, Fernando Pinto explicou ser igualmente importante “contar com os comerciantes e empresários para, em conjunto, encontrar os melhores caminhos, no sentido de retomar a economia neste período” de regresso à normalidade.

Da sua parte, assegurou ser sempre honesto “para ter a lucidez, a integridade e a humildade necessárias para governar com maior justiça, maior solidariedade e, sobretudo, dignidade nos pensamentos e acções”.

Antes, fez questão de saudar “toda a população do município, que de forma livre e democrática, deu uma autêntica lição de civismo e maturidade política no acto eleitoral do passado dia 26 de Setembro”.

Na sua intervenção expressou igualmente “uma palavra de apreço a todos os autarcas que cessaram funções, particularmente ao vereador Vasco Pinto [CDS-PP/PSD]”, tendo a certeza de que “deram o seu melhor nas suas competências e representações”.

Agora, no mandato que inicia, o socialista visiona contruir “um futuro mais auspicioso, mais sustentável e mais equilibrado com todos”. “Porque apenas e só com todos conseguiremos projectar o nome da nossa terra mais alto, dignificando os nossos antepassados e construindo no presente o futuro que todos ambicionamos para esta magnífica pérola do Tejo”, sublinhou, a concluir.

Nos próximos quatro anos, com o PS a eleger cinco vereadores, Fernando Pinto governará os destinos alcochetanos acompanhado de Maria de Fátima Soares, Pedro Lavrado, Ana Sofia Maduro e Dário Moura. Na oposição, por sua vez, vão estar sentados os comunistas Luís Franco e Natacha Patinha.

Reeleição Mário Catalão Boieiro novamente presidente da Assembleia Municipal

Também na passada segunda-feira foi eleita a Mesa da Assembleia Municipal, com Mário Catalão Boieiro a assumir novamente o lugar, ao ser escolhido com cinco abstenções e 19 votos a favor.

Igualmente empossados foram Carlos Correia como 1.º secretário e Teresa Condelipes 2.º secretária, sendo que dos 24 membros que compõem o órgão – incluindo os presidentes socialistas das juntas de freguesia de Alcochete, Samouco e São Francisco -, 12 são do PS, cinco da CDU, dois do CDS-PP, um do PSD e um do CHEGA.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -