20 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalMoradores pedem embargo de construção de armazém na fábrica do Izidoro

Moradores pedem embargo de construção de armazém na fábrica do Izidoro

Abaixo-assinado rubricado por 69 pessoas foi enviado ao presidente da Câmara. Obra decorre há meses, mas licenciamento data de 31 de Março

 

- PUB -

Dezenas de moradores estão indignados com a construção de um armazém que o Grupo Montalva/Izidoro está a desenvolver, no espaço exterior da unidade industrial, e já enviaram um abaixo-assinado ao presidente da Câmara Municipal do Montijo a solicitar o embargo da obra.

Foram 69 as pessoas que assinaram o documento, remetido por e-mail no passado dia 28, “em face do prejuízo na iluminação natural” que o futuro armazém “irá causar” nas suas residências. Além disso, lembram a lei e adiantam no documento que “nas áreas industriais devem ser estabelecidas zonas verdes de protecção e enquadramento com dimensão e constituição adequada”.

Na última reunião do executivo, a 31 de Março, Nuno Canta, presidente da Câmara, reconheceu que o aviso de licenciamento da obra estava em falta no local, mas garantiu que a empreitada cumpre todos os preceitos legais. O cartaz acabou por ser afixado no passado dia 1 e mostra que o licenciamento da obra data de 31 de Março. Os moradores, que lamentam não terem obtido ainda qualquer resposta da autarquia, afirmam que a intervenção arrancou de forma ilegal em Janeiro último. E já apresentaram uma exposição à CCDRLVT bem como à SOS Ambiente.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Dez dias de música em vários palcos da cidade de Setúbal com os melhores sons e vozes

O festival arranca com Pedro Abrunhosa, atravessa vários artistas e termina com Cuca Roseta

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica
- PUB -