6 Outubro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalRecuperação do Centro Recreativo Sineense aprovada

Recuperação do Centro Recreativo Sineense aprovada

Intervenção permitirá dotar o espaço de cinco novas valências. Investimento elegível é de 349 mil e 239 euros

 

- PUB -

A operação de recuperação do Centro Recreativo Sineense, que permitirá acrescentar cinco novas valências ao espaço, foi aprovada no passado dia 13 pela Comissão Directiva do Programa Operacional Alentejo 2020, anunciou a Câmara Municipal de Sines.

“As obras a realizar irão manter as características arquitectónicas do edifício, modernizando-o para receber cinco novas valências: posto de turismo, espaço cultural, espaço multiusos e auditório, sala de conferências e exposições e ‘Espaço dos Escritores’, com zona de exposição”, explica a autarquia sobre a intervenção a efectuar no edifício localizado na Rua Francisco Luís Lopes, no centro histórico da cidade, salientando que o equipamento “é considerado um bom exemplar da arquitectura civil do fim do século XIX”, além de estar “fortemente associado à vida comunitária da cidade no século passado”.

A operação “Recuperação do Centro Recreativo Sineense”, lembra a edilidade, tem um investimento elegível de 349 mil e 239 euros, cofinanciado à taxa de 85% por fundos FEDER/União Europeia, ao abrigo do programa operacional Alentejo 2020/Portugal 2020. A contribuição comunitária ascende assim a 296 mil e 853 euros, sendo que a participação do município cifra-se no montante de 52 mil e 385 euros.

- PUB -

O edifício será “integrado na Rota do Património de Sines, representando mais um ponto de interesse turístico da cidade”, conclui o município.

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Primeira pedra de construção de empreendimento à beira-rio lançada no município do Barreiro

Novo espaço habitacional pretende atrair famílias locais e jovens a um preço razoável   O lançamento da primeira pedra de construção do novo empreendimento que vai nascer...

Acidente de trabalho com um reboque faz um morto e um ferido

Vitimas estavam a trabalhar debaixo da estrutura que lhes caiu em cima

Polícia Judiciária detém homem em Setúbal suspeito de dezenas de crimes de pedofilia

Suspeito aproveitou-se do facto de coabitar com a jovem de 17 anos para a sujeitar a abusos sexuais, que terão tido início quando a vítima tinha 12 anos
- PUB -