19 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Publireportagem: Sikla Lusa, posição forte no mercado permite explorar novas oportunidades

Publireportagem: Sikla Lusa, posição forte no mercado permite explorar novas oportunidades

Publireportagem: Sikla Lusa, posição forte no mercado permite explorar novas oportunidades

Nuno Cristovão, administrador da Sikla diz que 2023 está a ser muito promissor e considera que o lugar no ranking revela “consistência e qualidade”

 

Para a Sikla Lusa tudo acontece a partir da Volta da Pedra, Palmela onde recentemente inaugurou novas instalações.

- PUB -

Num olhar oficioso sobre os resultados operacionais neste primeiro semestre de 2023, Nuno Cristóvão, administrador da Sikla, sublinha um período inicial deste ano extremamente promissor. “Alcançamos marcos significativos e conquistamos resultados notáveis a nível do mercado nacional e internacional”. No geral, complementa, “o balanço deste período inicial de 2023 é extremamente positivo e a empresa está a avançar na sua trajetória de crescimento, fortalecendo a sua posição no mercado e preparando-se para explorar novas oportunidades”.

No ranking das 500 Maiores Exportadoras do distrito de Setúbal, que O Setubalense publica hoje, a Sikla voltou a consolidar a sua posição.

Ao analisar este resultado, Nuno Cristóvão elenca os motivos para esta performance. Diz-se extremamente satisfeito com a consistência ao longo dos anos, isso não só evidência, realça, “a qualidade dos nossos produtos ou serviços, mas também a eficiência e a eficácia das nossas operações”.

- PUB -

Depois, acrescenta, “em primeiro lugar, destaco a capacidade da empresa em compreender as necessidades dos clientes, entregar soluções inovadoras e construir relações de confiança e fidelidade com eles, aliado ao compromisso com a melhoria contínua por meio dos processos, e no investimento e desenvolvimento para acompanhar as tendências do mercado”. Por fim, reconheçe ainda a importância da equipa, “cujo trabalho árduo, empenho e compromisso são responsáveis pelos resultados e pelo espírito de equipa e sinergia presentes dentro da organização, a que chamamos de #siklaspirit”.

Para o futuro próximo, o administrador da Sikla confia que os resultados podem ainda ser melhores. “Acredito que temos um grande potencial de melhoria no futuro, os nossos números refletem a capacidade de resposta diante dos desafios e do mercado. Estamos a passar por um momento de crescimento significativo tendo sido indispensável adquirir novas instalações, o que nos permitirá expandir e alcançar novos mercados. Estes números são apenas um vislumbre do nosso potencial e esperamos obter resultados ainda melhores no futuro próximo”.

A área de negócio da empresa foca-se nos elementos de fixação e suportes para tubagens, em edifícios residenciais, como em edifícios industriais, como, farmacêuticas, refinarias ou fábricas. O Grupo Sikla desenvolve ainda, apenas em Portugal, a construção de elementos estruturais para a energia Fotovoltaica.

- PUB -

Para o crescimento que tem vindo registar Nuno Cristóvão aponta dois elementos fundamentais, qualidade e inovação. “Desde a sua fundação pelo senhor Sigarth Klaus, a inovação tem sido um elemento essencial no nosso DNA empresarial. O nosso negócio não se concentra no preço, mas sim na qualidade dos nossos produtos e serviços, mantendo padrões rigorosos em todas as etapas dos processos de produção, desde a seleção de materiais e fornecedores, até ao controlo de qualidade, garantindo a satisfação dos nossos clientes e construído uma reputação sólida e justa a nível de custos”.

Esses dois factores, qualidade e inovação, são fundamentais para mantermos a nossa competitividade no mercado, e continuaremos a aperfeiçoar estes aspetos, procurando sempre superar as expectativas dos nossos clientes”.

Com o segundo semestre à porta as perspectivas para esse período, confia “são bastante promissoras”, principalmente, revela, devido aos projetos em carteira que representam oportunidades de crescimento significativo. “Se forem concretizados, poderemos expandir a nossa atuação em segmentos estratégicos, conquistar novos clientes e aumentar a nossa participação no mercado”.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -