26 Janeiro 2023, Quinta-feira
- PUB -
InícioEmpresasPublireportagem: Blocosystems, qualidade e inovação na base de um caminho em ascensão

Publireportagem: Blocosystems, qualidade e inovação na base de um caminho em ascensão

No final do primeiro semestre de 2022 a Blocosystems continua a registar um crescimento de mais de 100% ao ano. Nuno Amorim, administrador da empresa, diz que os números reflectem o trabalho “de qualidade” desenvolvido pela empresa e a constante “incrementação de melhorias no produto, com base nos materiais que utilizados”.

- PUB -

O ano passado, recorda o empresário, foi feito um investimento importante, com a emissão do certificado de qualidade das construções que produzem. “Somos a única empresa, neste momento, em Portugal na área de edificação de construções novas certificadas”.

“Cada construção está abrangida por este certificado de qualidade, garantindo ao cliente que a metodologia de construção é respeitada e que os principais materiais e componentes utilizados são também eles certificados, o que garante a sua qualidade”, diz.

Nuno Amorim revela que este ano a empresa, sedeada na Cachofarra em Setúbal, aponta à certificação ambiental. “Para uma empresa que apela à ecologia como a Blocosystems, que possui uma bioconstrução, garantindo uma sustentação energética, e que, pelos materiais utilizados, minimiza ao máximo a pegada ecológica, faz cada vez mais sentido esta certificação que acreditamos ser uma exigência do mercado actual”.

- PUB -

O cliente Blocosystems, sublinha o empresário, “é não só preocupado com o meio ambiente e a pegada ecológica, como exigente com a qualidade acústica e térmica, sem descurar os acabamentos estéticos interiores e exteriores, que irá obter após conclusão do produto final”.

A política de transparência e proximidade da empresa através do site (www.blocosystems.pt) e das redes sociais  (https://www.facebook.com/blocosystems.ailema/; blocosystems + ailema – YouTubeBloco Systems (@bloco_systems) • fotos e vídeos do Instagram) facilita a comunicação com todos os potenciais clientes, que muitas vezes são referenciados por quem já conhece e construiu através desta solução.

- PUB -

Depois de dois anos de grande retracção do mercado, a empresa adaptou-se à nova realidade. “A administração tem sempre em vista a adaptação ao mercado, a pandemia e agora a guerra que se instalou e que acaba por afectar Portugal, exigiu da Blocosystems uma atenção diferente face aos fornecedores e ao posicionamento no mercado”, explica Nuno Amorim.

Desta forma, acrescenta, “este ano foram alcançado dois novos marcos para a empresa com o lançamento de uma imobiliária agregada ao grupo, a Imosystems (https://www.imosystems.pt/), que apoia todos os clientes na sua procura por terrenos para a construção e venda dos seus imoveis. E o lançamento do primeiro produto acabado (terreno + construção; Blocosystems 3d – YouTube).

Nuno Amorim, diz-se satisfeito pela contribuição que a empresa dá à região em termos económicos e sociais. “Uma PME (Pequena, Media Empresa) como a nossa, além de trazer uma atenção especial, do ponto de vista de investidores, organismos públicos, também dá emprego”.

O desenvolvimento da empresa em Marrocos e a consolidação da empresa imobiliária Imosystems são alguns dos objectivos para 2022.

A Blocosystems é uma empresa especializada na execução de edificações através de um sistema construtivo inovador e revolucionário. Esta nova forma de
construir, criada por técnicos e profissionais qualificados, permite produzir edificações de elevada qualidade de conforto, habitabilidade e sustentabilidade da sua construção.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Pai herói salva filha bebé de incêndio que destruiu habitação [actualizada]

Entrou em habitação em chamas e conseguiu resgatar a bebé. Sinistro destruiu o 1.º piso da habitação

Comando dos Bombeiros do Montijo repudia críticas sobre combate ao fogo de sexta-feira

Reacção surge na sequência de vídeos e comentários publicados nas redes sociais 

Sexta-feliz chega ao concelho para dar “mais tempo” aos funcionários

PartYard decidiu dar as tardes de sexta-feira aos trabalhadores para melhorar o seu rendimento
- PUB -