17 Outubro 2021, Domingo
- PUB -
Início Empresas Eléctricos estão a crescer cada vez mais no mercado português

Eléctricos estão a crescer cada vez mais no mercado português

Novo máximo de vendas em Setembro coloca eléctricos e híbridos com 25% da quota do mercado

 

- PUB -

A venda de carros eléctricos em Portugal, segundo a Associação de Utilizadores de Veículos Eléctricos (UVE), caminha a passos firmes para um novo recorde anual de vendas, tendo até ao momento se registado a venda de 19.679 veículos em Portugal.

O passado mês de Setembro registou, segundo a UVE, um novo máximo mensal de vendas de veículos 100% eléctricos, atingindo o número de 1.551 veículos comercializados em Portugal. Para a associação isto representa “uma clara resposta da procura à oferta cada vez maior de novos modelos elétricos em comercialização no país.”

Neste mercado, dos veículos totalmente eléctricos, a Tesla encontra-se em clara expansão, tendo vendido, até ao momento, 1031 unidades. A marca americana é seguida pela francesa Peugeot, com 873 unidades, e pela nipónica Nissan, com 815. Neste ano já foram comercializados mais de 8 mil carros 100% eléctricos.

- PUB -

Esta expansão dos veículos de energia alternativa no mercado português, é também reforçada pelo aumento da comercialização dos veículos PHEV – Plug-in Hybrid Electric Vehicle – que tem registado vendas mensais superiores às mil unidades, totalizando mais de 11 mil veículos transaccionados durante este ano.

Nos veículos PHEV destaca-se a marca alemã Mercedes-Benz, com 2996 unidades comercializadas, seguida da sua compatriota BMW, com 2504, ficando o pódio fechado com a sueca Volvo, com 1591.

Para a UVE existe uma comercialização cada vez mais intensa de veículos totalmente eléctricos, o que indica “o interesse cada vez maior nos 100% elétricos, que já apresentam autonomias muito significativas, podendo os futuros compradores prescindir de um motor de combustão e de qualquer tipo de combustível fóssil”.

- PUB -

Para tal contribui, para além do desenvolvimento natural dos veículos, como é a sua crescente autonomia, a ampliação das redes de carregamento para estes veículos.

Segundo dados da ACEA (Associação Europeia de Construtores Automóveis), Portugal é já o quarto país da União Europeia com mais postos de carregamento por 100 km, ficando apenas atrás dos Países Baixos, Luxemburgo e Alemanha.

A UVE destaca, ainda, a queda constante no mercado dos veículos de motor por combustão, apesar destes representarem ainda a enorme fatia da quota de mercado em Portugal.

Segundo a associação, a comercialização destes automóveis está numa tendência negativa de 0.4, depois de apresentar regressão nas vendas nos últimos três meses. Para a UVE esta é a prova de que “estamos a assistir ao princípio do fim do motor de combustão interna”.

Esta expansão no mercado dos eléctricos é, de acordo com a Associação, importante, porque representa “o futuro que desejamos para todos nós e para as gerações vindouras constrói-se hoje, no presente, com opções mais sustentáveis, sem emissões de gases com efeito de estufa, mais eficientes, mais económicas e muito mais amigas do ambiente e das pessoas”.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Geringonça dá Assembleia Municipal do Montijo ao PSD

Apesar de vencer nas autárquicas, PS vai perder presidência no órgão. CDU tem compromisso com os social-democratas. Se não houver recuo, Ana Dias Neves...

Construção de duas novas fábricas da Repsol é maior investimento dos últimos dez anos no país

Empresa quer tornar Complexo de Sines num dos mais avançados e competitivos da Europa

Fernando Negrão acusa administração do Centro Hospitalar de “incompetência” e defende demissão

Vereador social-democrata afirma que membros do órgão de gestão “estão cegos” e pede a sua substituição “por gente competente”   Fernando Negrão, vereador da Câmara Municipal...
- PUB -