19 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Vitorianos vão a Gaia com o objectivo de interromper série negativa fora de portas

Vitorianos vão a Gaia com o objectivo de interromper série negativa fora de portas

Vitorianos vão a Gaia com o objectivo de interromper série negativa fora de portas

Duelo da 19.ª jornada do Campeonato Placard Andebol 1 joga-se sábado (18 horas)

 

Depois do triunfo (28-25) sobre o Águas Santas na jornada anterior, a equipa de andebol do Vitória procura sábado, a partir das 18 horas, no reduto do FC Gaia dar sequência ao resultado alcançado na partida do fim-de-semana no Pavilhão Antoine Velge. Caso tenham êxito no duelo da 19.ª ronda do Campeonato Placard Andebol 1, os sadinos interrompem um jejum de quase quatro meses sem vencerem fora de portas.

- PUB -

Curiosamente a última vez que os comandados de Luís Monteiro ganharam na condição de visitantes aconteceu numa deslocação ao Norte do país. A 3 de Dezembro de 2022, a contar para a 11.ª jornada, os verdes e brancos impuseram-se, em Braga, ao ABC, por 29-36. Daí para cá, fora de casa, perderam com Belenenses (31-26), Sporting (38-24) e Marítimo (33-30). Sábado, na casa da formação de Vila Nova de Gaia, o foco está em regressar a Setúbal com os três pontos na bagagem.

Separados por apenas um ponto na classificação – sadinos estão na 9.ª posição (33 pontos) e gaienses ocupam 10.º posto (32) –, antevê-se um embate equilibrado entre os dois conjuntos, que voltam a medir forças cinco meses depois de o Vitória, que teve José Rebelo (com seis golos apontados) como melhor marcador no jogo, ter levado a melhor (30-28) na primeira volta da competição.

Não é só em termos colectivos que os vitorianos chegam moralizados ao confronto com o FC Gaia, depois de terem derrotado no sábado o Águas Santas, 5.º classificado da tabela. Individualmente, um jogador em particular chega com a confiança redobrada à partida depois de ter apontado 10 dos 28 golos obtidos diante do emblema da Maia. Falamos de Artur Pereira, que foi autor de mais de um terço (36%) dos tentos dos vitorianos.

- PUB -

O ponta, de 24 anos, não foi o único elemento em destaque no capítulo da finalização. Nuno Roque, que fez o público nas bancadas do Antoine Velge gritar golo em sete ocasiões, também contribuiu para o sucesso sadino. Juntos, os dois jogadores foram responsáveis por mais de 60% dos golos marcados ao Águas Santas (17 no total). Jan Kleineidam (5), João Gamboa (2), Cláudio Pedroso, João Ferreira, Felisberto Landim e Victor Talmazan (todos com um cada) fizeram os restantes 11.

Entretanto, nos escalões de formação da modalidade, cinco jovens atletas – Dinis Abreu, Francisco Piedade, Santiago Moço, Vicente Santos e Rodrigo Crespim – foram convocados para a Selecção Regional de Sub-14, da Associação de Andebol de Setúbal. Os vitorianos também tiveram representação no sector feminino, uma vez que o quarteto composto por Inês Pereira, Leonor Costa, Inês Bacalhau e Margarida Silva também foram chamadas à Selecção Regional de Sub-14.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -